Rádio Observador

Paris

Durante dois dias “vai ser tudo do fado” em Paris

O festival Fado in Paris vai acontecer no sábado e domingo com diferentes concertos de fadistas nacionais e projetos criados no país à volta do fado. Entre os artistas estão Carminho e Jorge Fernando.

No sábado, Carminho é a cabeça de cartaz

JOSE SENA GOULAO/LUSA

O Festival Fado in Paris vai levar dois dias de cultura portuguesa e fado à capital francesa, com concertos de Carminho, Jorge Fernando e outros intérpretes e músicos na sala Trianon.

“Queremos trazer a modernidade do fado a Paris e ter as pessoas connosco durante dois dias, […] dando a conhecer diferentes fadistas para além de nomes mais conhecidos”, disse Valérie do Carmo, presidente da Académie de Fado em Paris e uma das coorganizadoras da iniciativa.

A primeira edição do festival Fado in Paris vai acontecer no sábado e domingo, em Paris, com diferentes concertos de fadistas nacionais e projetos criados em França à volta do fado. No sábado, Carminho é a cabeça de cartaz e a primeira parte do concerto estará a cargo dos Fado Clandestino, projeto musical nascido em Paris que junta a francofonia e a lusofonia à volta do fado.

Já no domingo, haverá um encontro de “três gerações do fado”, segundo indicou Valérie do Carmo. Jorge Fernando, fadista e compositor, vai juntar-se às fadistas Luísa Rocha e Mara Pedro para uma tarde que visa mostrar a diversidade da tradicional canção portuguesa.

Para além dos concertos, haverá uma ‘masterclass’ para os alunos da Académie de Fado que estão a dar os primeiros passos nos instrumentos com Guilherme Banza na guitarra portuguesa e Rogério Ferreira na viola de fado.

Temos também um encontro entre a Luísa Rocha e os alunos de português do Liceu Internacional de Noisy le Grand. Vão ter uma conversa sobre a sua carreira, o que ela faz e o fado, já que o fado toca muito na língua portuguesa por causa dos poetas e da sua linguagem própria. É uma maneira de ter a ligação entre a cultura, o fado e a língua aqui em Paris”, afirmou Valérie do Carmo.

Os concertos e encontros acontecem todos no Trianon, uma das salas de espetáculos míticas em Paris, onde “durante dois dias vai ser tudo do fado”, assegurou a coorganizadora.

Com o espetáculo de Carminho quase a esgotar, Valérie do Carmo indicou que a adesão por parte dos parisienses de todas as origens tem dominado a aquisição de bilhetes e que será o sucesso da iniciativa a definir se haverá uma segunda edição no próximo ano.

“Queremos que seja um sucesso para o público para podermos fazer uma segunda edição para o ano e trazer nomes diferentes do fado, nomes que nunca tenham vindo a Paris e que mostrem algo sobre o fado ser uma música do mundo contemporâneo”, concluiu.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)