Rádio Observador

Racismo

Loja inglesa muda nome de pato de chocolate negro por ser acusada de racismo

1.518

Para a Páscoa, a Waitrose vendia um pato de chocolate negro com o nome "Feio", como parte de um pacote com o pato "Fofo" e o "Estaladiço". A loja foi acusada de racismo e vai mudar o nome.

Trio de patos à venda na Waitrose

livia a. aliberti/Twitter

Uma cadeia de supermercados inglesa, a Waitrose, retirou das lojas e alterou o nome de um pato de chocolate negro em resposta a acusações de racismo nas redes sociais. O trio de patos originalmente à venda tinha um pato de chocolate branco chamado “Fofo”, um de chocolate de leite, o “Estaladiço”, e um de chocolate negro com o nome de “Feio”.

Nas redes sociais surgiram críticas aos nomes escolhidos, considerando ser uma “prática de marketing questionável que reforça a narrativa do patinho negro feio”. A ideia do patinho negro como ser inferior está associada à história infantil de Hans Christian Andersen “O Patinho Feio”.

Num comunicado citado pela CNN, a Waitrose pediu desculpa pelo nome do pato de chocolate: “Pedimos muitas, muitas, desculpas se o nome deste produto causar qualquer ofensa. Não era a nossa intenção”. O produto foi retirado das lojas e, de acordo com a marca, receberá outro nome antes de voltar a estar à venda.

Em resposta, vários utilizadores do Twitter agradecerem à empresa pela mudança.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Racismo

O mérito não tem cor de pele nem etnia

João Pedro Marques
381

Os activistas querem implementar quotas e outros mecanismos compensatórios e precisam desesperadamente de argumentos científicos para justificar esse seu propósito. É gato escondido com rabo de fora.

Europa

Para uma etiologia da “política de identidades”

Guilherme Valente

É a ameaça de uma sociedade comunitarista, fragmentada, tribalizada e regressiva que se configura. Anti-humanista e anti-universalista, contra o melhor do espírito europeu. E contra uma Europa unida.

Racismo

Quotas? Pura campanha política

Teresa Cunha Pinto
135

O verdadeiro racismo reside em aceitar que determinada etnia precisa de medidas especiais para chegar a certos lugares. Se há constrangimentos a este nível não serão as quotas que os vêm diminuir.

Racismo

Liberdade ou violação dos Direitos Humanos?

João André Costa

Distopia é esta vergonha de viver num país e numa língua onde não existe uma palavra para quem tem a pele negra. Preto? É insultuoso. Negro? Negros eram os escravos. Pessoas de cor? É supremacista.  

Igualdade de Género

Género: igualdade ou ideologia?

Diogo Costa Gonçalves

Se estamos perante uma (nova) visão antropológica, porquê qualificá-la como ideologia? Porque tal ideia pré-concebida vive em constante tensão com a realidade empírica, começando pela própria biologia

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)