A Unbabel, a startup portuguesa   que alia a inteligência artificial com pós-edição humana à tradução automática, foi eleita esta terça-feira como a terceira melhor startup europeia na edição de 2019 do Tech 5. Esta competição foi organizada pela The Next Web, uma empresa holandesa de notícias tecnológicas e que faz eventos semelhantes à Web Summit, e pela Adyen, também uma empresa dos Países Baixos que gere um sistema de pagamentos online.

https://observador.pt/videos/o-meu-fracasso-antes-do-meu-sucesso/unbabel-o-que-aprendes-com-o-falhanco-e-que-nao-queres-voltar-a-falhar-e-uma-sensacao-terrivel/

A competição Tech 5 tem como objetivo escolher jovens startups e scaleups [startups em crescimento acelerado] europeias e de Israel e decorreu em Amesterdão. Os critérios que levaram a portuguesa ao pódio incluem rondas de investimentos, crescimento da equipa, cobertura de jornais e impacto social. Em segundo lugar ficou a startup belga Unifly, uma empresa que está a criar uma tecnologia para facilitar a utilização de drones cumprindo a nova legislação. No topo das escolhas do júri ficou Food Warriors, uma startup dinamarquesa que criou uma app para reduzir o desperdícios alimentar.

Chegar ao pódio desta competição é o corolário de um caminho e de uma visão que é trabalhada todos os dias por uma equipa de mais de 200 pessoas. Estamos a assistir a um momento empolgante na tecnologia da tradução e da tradução automática”, afirmou em comunicado Vasco Pedro, fundador e presidente executivo da Unbabel.

Esta terça-feira, a startup portuguesa anunciou que vai abrir o terceiro escritório nos Estados Unidos da América. Este espaço em Pittsburgh, na Pensilvânia, vai ser dedicado à investigação e desenvolvimento em inteligência artificial.

Portuguesa Unbabel abre escritório nos EUA dedicado a inteligência artificial

A Unbabel foi criada em 2013  por Vasco Pedro. Em janeiro de 2018, angariou 23 milhões de euros de alguns dos investidores de topo mundiais, como a Scale Venture Partners, a Microsoft Ventures, a Samsung Next, entre outros, um investimento que foi usado para a expansão internacional e desenvolvimento de produto.