Rádio Observador

Lifestyle

Vamos tornar a (nossa) casa mais sustentável?

Em Portugal, 9 em cada 10 pessoas acredita que cada um de nós tem a responsabilidade de contribuir para a sustentabilidade. Um número fantástico, quando existem ações simples que todos podemos fazer.


Mas, assim sendo, o que falta? A verdade é que, apesar da preocupação com o tema, as pessoas identificam dois principais obstáculos no que diz respeito a ter comportamentos mais sustentáveis.

O primeiro tem a ver com a indisponibilidade para pagar mais por produtos que tenham essas caraterísticas, apesar de sentirem a responsabilidade. De facto, a sustentabilidade dever ser acessível a todos – é para isso que trabalhamos, todos os dias, na IKEA.

Desde o início que a sustentabilidade faz parte da forma como trabalhamos e pensamos as nossas soluções de mobiliário e decoração. Quando criamos os nossos produtos, é fundamental que eles tenham uma função, que sejam bonitos (para vários gostos!), tenham qualidade e sejam feitos de uma forma responsável, pelas matérias primas utilizadas, ou pela função que têm, sempre a um preço acessível à maioria das pessoas.

A segunda dificuldade, tem a ver com a necessidade de informação: os nossos clientes dizem-nos que não conhecem e não percebem o impacto real das ações que podem fazer em casa. Enquanto especialistas, temos a oportunidade de inspirar e ajudar os nossos clientes a ter uma vida em casa mais amiga do planeta e também no seu orçamento familiar. E pusemos mãos à obra.

Atividades para famílias e um Bazar IKEA já este fim de semana

E é por sentirmos esta responsabilidade que apresentamos a iniciativa “Um mundo melhor começa em casa”, com um fim de semana (25 e 26 de maio) totalmente dedicado a este tema.

A verdade é que teremos, nos parques de estacionamento das nossas cinco lojas em Portugal, um evento muito especial para ajudar os nossos clientes a prolongar a vida de produtos que têm em casa e de que já não precisam: o BAZAR IKEA, uma venda de artigos de decoração em segunda mão.

Este fim de semana inclui ainda atividades que destacam comportamentos e soluções para a casa, funcionais e acessíveis, para contribuir para um impacto positivo no planeta e nas poupanças familiares – separação de resíduos, poupança de água, eficiência e redução do consumo energético e à redução do desperdício alimentar e de matérias primas e consumo responsável.

Nestes dias, todas as nossas lojas – Alfragide e Sintra, Loures, Matosinhos, Braga, Loulé – vão dinamizar workshops para pequenos e graúdos descobrirem mais sobre sustentabilidade. Todas as atividades são gratuitas e exclusivas para membros IKEA Family, através de inscrição no nosso site.

Porque um mundo melhor começa nas nossas casas.

Este conteúdo é da autoria da IKEA.

Saiba mais em https://observador.pt/seccao/observador-lab/ikea-inspira/

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt
Escolas

A escola é uma seca /premium

Eduardo Sá

Não podemos continuar a opor uma ideia “industrial” de escola a uma escola “ecológica”, como se não fosse possível conciliar as duas escolas, sem a educação indispensável abalroar o direito à infância

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)