Este texto contém spoilers da série “Breaking Bad”.

Primeiro, foi uma fotografia em tons sépia do focinho de duas mulas com a descrição: “Soon” ou, em português, “Brevemente”. Depois, foi outra fotografia com Aaron Paul e Bryan Cranston juntos, de sapatilhas na mão, a atravessar um rio, com a descrição: “Even sooner”, que é como quem diz, “Ainda mais brevemente”. Quem esteve atento às redes sociais dos protagonistas de “Breaking Bad” não demorou a juntar um e um: algo se passa entre os dois. Só ninguém sabe o quê.

View this post on Instagram

Soon

A post shared by Aaron Paul (@aaronpaul) on

As especulações adensam-se nas caixas de comentários deixados no Instagram e nas páginas de Twitter dos dois atores, que interpretaram Jesse e Walter White — ou Heisenberg, depende do lado da barricada de que se está — numa das séries mais aclamadas de sempre. Há quem acredite que uma fotografia de Aaron Paul e Bryan Cranston juntos, ainda por cima envolvendo mulas e travessias em rios, só pode ser sinónimo de uma nova temperada de “Breaking Bad”. E há quem aposte antes num filme do universo “Breaking Bad”.

View this post on Instagram

Even sooner

A post shared by Bryan Cranston (@bryancranston) on

Em fevereiro deste ano, o The Hollywood Reporter avançou que a Netflix iria lançar um filme de “Breaking Bad” sobre o futuro de Jesse Pinkman, a personagem de Aaron Paul, depois de ter escapado do encarceramento a que estava submetido pelos antigos colegas de trabalho e depois da morte de Walter White. As fontes desse mesmo site indicavam que “Breaking Bad”, o filme, seria realizado por Vince Gilligan — o criador da série.

Questionado sobre este projeto no The Dan Patrick Show, Bryan Cranston confirmou que a ideia está mesmo em cima da mesa, mas que não sabe se a personagem Walter White aparecerá no filme: “É uma ótima história e há muitas pessoas que sentiram que queriam ver algum tipo de finalização em algumas dessas histórias que foram deixadas em aberto. Pelo que me disseram, esta ideia fala dessas personagem ou, pelo menos, de um par delas. Não sei se vou aparecer, mas estou muito entusiasmado porque Breaking Bad foi a melhor fase profissional da minha vida”.

Enquanto Bryan Cranston fala sem rodeios de um novo filme “Breaking Bad”, Aaron Paul prefere manter-se mais discreto: “Os rumores são engraçados. Uma vez ouvi rumores de que eu estava a ser sondado para fazer de Han Solo. Não ouvi nada sobre o filme “Breaking Bad”, mas se houver adoraria fazer parte disso”, admitiu. E brincou: “Caso não saibam, o Walter White… morre. Por isso, se houver filme, ele só poderá ser protagonizado pelo Jesse”.

A sustentar ainda mais a teoria de que há um filme inspirado no universo “Breaking Bad” a caminho está um documento a que a Variety teve acesso e que fala de gravações agendadas entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020 em Albuquerque, estado norte-americano do Novo México. O documento assinado pelo departamento audiovisual desse estado batiza o projeto de “Greenbrier”.

E surge com uma descrição que coincide com os momentos finais de Jesse na quinta temporada da série: “A trama acompanha a fuga de um homem sequestrado em busca da liberdade: “A trama acompanha a fuga de um homem sequestrado em busca da liberdade”.