O novo SUV compacto, que adoptará as dimensões exteriores do Tiguan, mas mais espaço interior, devido à maior distância entre eixos necessária para alojar o pack de baterias, fazia desde início parte do programa ID. Ainda hoje é conhecido como ID. Crozz mas, segundo a Automotive News, que faz referência a fontes dentro da empresa alemã, adoptará a denominação comercial ID.4, o que faz sentido após o ID.3, o primeiro da família.

O novo ID.4 será apresentado já no próximo ano e, à semelhança do ID.3, será igualmente produzido na fábrica de Zwickau. O SUV compacto encontra-se já em fase de testes, como se pode ver pelas fotos – onde surge conjuntamente com o ID.3 –, tornando óbvias as diferenças entre ambos os ID, com o SUV a ser mais comprido, mais alto e mais volumoso. De acordo com declarações de Jürgen Stackmann, o responsável pelas vendas da VW, o ID.4 será revelado na sua versão definitiva em Fevereiro de 2020, provavelmente no Salão de Chicago, nos EUA, ainda que as primeiras entregas a clientes só devam acontecer lá mais para o final do ano.

7 fotos

Um dos primeiros protótipos do ID.4 foi apresentado no Salão de Frankfurt devidamente camuflado, o que se por um lado impede que sejam evidentes as reais formas do veículo, permite por outro que se constate que a marca abandonou as linhas mais futuristas do ID. Crozz, trocando-as por outras substancialmente mais actuais.

O ID.4 sairá de Zwickau para todo o mundo, apesar de o fabricante pretender que o SUV seja igualmente produzido nos EUA para o mercado local (a partir de 2022), o mesmo acontecendo em relação à China. Face ao maior volume, é expectável que o ID.4 não recorra à bateria de 45 kWh, a mais pequena disponível na plataforma MEB, mas apenas às de 58 kWh e de 77 kWh, o que fará incrementar o peso final. Sem, contudo, ultrapassar excessivamente a fasquia dos 40.000€.