Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

São questões como a regulamentação do trabalho por turnos ou do trabalho noturno que levam José Manuel Pureza a designar como prioridade máxima a revisão da legislação laboral, “naquilo que ela continua a conter de humilhante e indecente”. O coordenador do programa eleitoral do Bloco de Esquerda define ainda como meta primordial para a próxima legislatura o reforço do investimento público para robustecer serviços públicos como a saúde, justiça e educação. A terceira escolha aponta para “um enfrentamento corajoso dos efeitos das alterações climáticas e a sua prevenção”, com propostas na área dos transportes, energia e habitação.

José Manuel Pureza explica, num segundo vídeo, que respostas tem o BE para uma família de classe média, como planeia tirar os carros dos centros urbanos de Lisboa e Porto e porque defende a nacionalização de empresas estratégicas.

Nestas entrevistas, o cenário ficou propositadamente vazio para dar espaço a propostas concretas e ajudar a descodificar os programas eleitorais. O Observador desafiou os seis partidos com assento parlamentar a eleger e explicar as propostas mais relevantes que levam a sufrágio no próximo domingo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR