A Ford pretende sanar a lacuna de modelos 100% eléctricos na sua gama não só recorrendo à plataforma MEB da Volkswagen, mas também com modelos próprios. O próximo terá a carroçaria da moda (SUV) e vai buscar a inspiração para as suas linhas ao Mustang, o mítico muscle car que tanto agrada aos consumidores norte-americanos. Segundo a marca, o novo modelo adoptará a designação comercial Mustang Mach-E e será apresentado já a 17 de Novembro, ou seja, em vésperas do Salão de Los Angeles (aberto ao público de 22 de Novembro a 1 de Dezembro).

Embora se torne cada vez mais evidente a importância deste lançamento para o fabricante de Dearborn – e tanto assim é que marca “convidou” a estrela do cinema britânico Idris Elba para a revelação do novo SUV eléctrico -, a verdade é que ainda “transpiraram” poucos detalhes acerca do Mustang Mach-E. Salvo o logótipo que acaba de ser divulgado, nada de oficial há a acrescentar no domínio técnico e tecnológico. Correm apenas rumores que dão conta de duas opções de bateria, sendo que a menor deverá oferecer uma autonomia de 480 km, enquanto o acumulador de maior capacidade poderá estender o alcance com uma carga completa até aos 600 km (ambos os valores segundo o ciclo WLTP).

Certo é que a marca não pretende perder tempo a aceitar encomendas. As pré-reservas online vão abrir logo após a revelação do SUV, sendo validadas mediante o depósito de 500 dólares. Trata-se de uma espécie de “investimento”, pois quem garantir um lugar nesta lista pode adquirir a versão First Edition. Quais são, em concreto, as diferenças desta série limitada face ao Mach-E standard é algo que também ainda está por esclarecer, bem como o número de unidades desta edição de lançamento. Resta-nos esperar.