Corria o ano de 2011 quando Halle Berry se digladiava em tribunal com Gabriel Aubry, com quem havia mantido uma relação durante os últimos cinco anos. Em causa, estava a guarda da filha do casal, Nahla, nascida em 2008. Documentos do processo, agora revelados pelo Radar Online, apontam para uma relação conturbada entre a atriz e o manequim canadiano. Perante o juiz, Berry, agora com 53 anos, afirmou mesmo que o ex-namorado se recusou e reconhecer a filha por esta ser mestiça.

Entre as acusações feitas pela atriz, vencedora de um Óscar em 2002, esteve também uma alegada relação incestuosa mantida por Aubry, durante anos, com um membro da sua própria família. A relação terá terminado, mas a confissão do ex-namorado, dez anos mais novo do que a atriz, abalou a vida do casal, que acabaria por se separar em 2010, após cinco anos de vida em conjunto. “Depois dos primeiros seis meses da relação, a nossa vida sexual diminuiu e, um ano depois, estávamos a fazer sexo menos de três vezes por ano”, pode ler-se entre as alegações da atriz.

Halle Berry e Gabriel Aubry em outubro de 2009 © Kevin Mazur/WireImage

Berry demorou a convencer Gabriel a recorrer ao apoio psicológico de um especialista. “Recusava-se a reconhecer ou a aceitar a responsabilidade por estes problemas. Em vez disso, criticava o meu corpo de uma forma muito degradante para qualquer mulher”, alegou a atriz, que fez ainda ainda referência a eventuais problemas mentais — depressão e distúrbios de ansiedade — do ex-companheiro de forma a mostrar ao juiz que este não estava apto a ficar com a guarda da menor de três anos.

Em tribunal, os advogados do manequim acusaram Berry de violar a intimidade do seu cliente, expondo os problemas que afetavam a sua saúde mental e ainda pediram que as suas declarações fossem retiradas do processo. A decisão chegou em novembro de 2012, com os dois a assinarem um acordo amigável de custódia partilhada. Em junho de 2014, o tribunal obrigou a atriz a pagar um pensão de 14.400 euros mensais para cobrir as despesas da filha, além de 275.000 euros em despesas legais.

À data, Halle Berry já estava casada com o ator francês Olivier Martinez, o seu terceiro marido, com quem teve um filho, Maceo. Dois anos antes, Aubry e Martinez envolveram-se em confrontos físicos, na Califórnia, tendo ambos acabado no hospital. Berry e Martinez divorciaram-se em dezembro de 2016.