Adidas Originals e o rato mais famoso do mundo

A Adidas não foi a única marca a pensar na grande estrela da Disney como mascote do Ano Novo Chinês. A ocasião deu origem a duas novas edições de ténis — uns Superstar e uns Stan Smith — subtilmente decoradas com Mickey, a personagem que completou, em 2019, 91 anos de idade. As novidades ficam disponíveis em breve na loja online, custam 119,95 euros.

Monki

Para esta marca do grupo da H&M o vestuário quer-se assim, prático, confortável e relaxado, até quando a quadra é festiva. Para assinalar a chegada do Ano do Rato, a Monki lançou uma coleção de t-shirts e camisolas, umas estampadas, outras bordadas com o primeiro animal do zodíaco chinês. Os preços variam entre 15 e 20 euros.

Os essenciais da Benefit

Aparentemente, nem a maquilhagem escapa. Este ano, a Benefit volta a apresentar um coffret inspirado no Ano Novo Chinês. Por fora, os ratos fazem-se notar. Lá dentro, a bolsa guarda alguns dos best-sellers da marca em formato mini — um Precisely, My Brow Pencil, um The POREfessional Pearl Primer, um Dandelion e um Love Tint. O conjunto está à venda nas lojas Sephora e custa 39,50 euros.

Disney x Gucci

Na área do luxo, são muitas as marcas que aproveitam o novo ano lunar para reforçarem a sua popularidade a oriente. Há muito que a Gucci explora esse filão como ninguém. Para o Ano do Rato, a casa italiana lançou uma coleção inspirada na personagem Mickey, com vestuário, malas, carteiras, calçado, relógios e outros acessórios, para homem e mulher. Os preços variam entre os 145 e os 4.500 euros.

Chopard e o relógio de luxo

Nos últimos anos, a Chopard tem sido outra das marcas de luxo a homenagear a cultura chinesa. Agora, fê-lo com mais um relógio de edição limitada, cujo mostrador foi feito seguindo uma arte ancestral japonesa, o urushi, nada mais, nada menos do que uma técnica de lacagem milenar. À venda foram postos apenas 88 exemplares, todos eles criados em ouro rosa de 18 quilates. Uma verdadeira joia de ano novo, produzida nos ateliers da marca suíça, que custa 23.300 euros.

Diesel

Poucas marcas levam o zodíaco chinês tão a série como a Diesel. A coleção comemorativa já chegou às lojas e é composta por uma linha de t-shirts unissexo, blusões e casacos acolchoados, malas e roupa interior, entre outras peças, todas elas com um toque irreverente e, claro, com muitos ratos à mistura. Os preços começam nos 25 euros e chegam aos 795 euros.

Moschino e o Mickey Rat

A marca italiana pegou na mascote da Disney e deu-lhe um toque de bizarria. A coleção inclui vestuário e acessórios, com um Mickey um pouco mais assustador do que é habitual, e a campanha teve direito a um vídeo de apresentação com várias referências culturais chinesas. Os preços vão dos 55 aos 995 euros.

Givenchy e o look de ano novo

É o quinto ano consecutivo em que a marca francesa assinala a chegada do Ano Novo Chinês com uma linha de maquilhagem. Desta vez, a Givenchy pegou em dois produtos icónicos — o pó solto Prisme Libre, com quatro tons pastel de acabamento mate e luminoso, e o batom Le Rouge, no tom orange absolu — e vestiu-os a rigor, que é como quem diz de vermelho e dourado, para celebrar esta data, também conhecida como Festival da Primavera. Esta edição está à venda em exclusivo no El Corte Inglés. O pó e o batom custam 53 e 37 euros, respetivamente.

Paul Smith

Uma camisa, uma t-shirt, um lenço de seda ou uma carteira em pele — a Paul Smith recebe o Ano Novo Chinês com uma linha de roupa e acessórios para homem e mulher, fiel ao primeiro animal do zodíaco chinês. Os preços vão dos 70 aos 300 euros.

Mr. Bags x Longchamp

Comemorar a entrada no novo ano lunar sem a coleção da Longchamp é possível, mas não seria a mesma coisa. A marca francesa voltou a juntar-se a Mr. Bags, nome artístico do influenciador chinês Tao Liang, para desenhar uma coleção de malas que inclui também uma t-shirt. Em vez das representações mais óbvias, a dupla usa fatias de queijo para introduzir o tema. A pele e a tela são os materiais usados. Quanto a tamanhos, a seleção vai do saco de viagem ao nano pliage. Os preços variam entre 110 e 590 euros.

Swatch

Para a Swatch, dedicar um relógio por ano ao novo signo chinês é já uma longa tradição. O rato não foi exceção. Com uma bracelete de silicone, bigodes no mostrador e uma caixa em forma de fatia de queijo, este é o objeto que os colecionadores não vão querer perder e que os nativos de rato (pessoas nascidos em 1924, 1936, 1948, 1960, 1972, 1984, 1996 e 2008) poderão usar orgulhosamente no pulso. Custa 90 euros.

Off-White

Nem só de ratos é feita a nova coleção da Off-White, dedicada ao novo ano lunar. A marca de Virgil Abloh celebra a passagem com votos auspiciosos, daí que a expressão “boa sorte” seja o elemento central numa seleção de roupa e acessórios em vermelho, branco e preto. Os preços começam nos 65 euros e chegam aos 815 euros.

“Vimos e Gostámos” é uma rubrica que pretende mostrar os novos lançamentos que vale a pena conhecer.