Não há dúvidas de que ter um pátio, um carrossel e uma mão cheia de gente com pinta facilita a vida a qualquer fotógrafo de street style. No caso da nossa, não foi exceção. Ela explorou o cenário conveniente e chegou mesmo a apanhar a manequim Sharam Diniz a posar como se de um editorial se tratasse (estava vestida pela marca Duarte e passou pelas Oficinas Gerais para assistir ao desfile).

A alfaiataria este na ordem do dia, neste primeiro dia de desfiles da edição número 54 da ModaLisboa. Talvez o Exército tenha aqui a sua quota parte de responsabilidade no fenómeno. Talvez a presença de oficiais aqui e ali puxe pelo brio dos visitantes e os desafie para um maior aprumo. Mas também encontrámos um fato camuflado, um encontro de dois mundos, portanto.

Nesta sexta-feira, o ambiente esteve especialmente sereno no que toca à ameaça do Covid-19, com filas para entrar em desfiles, abraços e beijinhos a acontecerem aqui e ali. O que quer dizer que o potencial criativo da máscara continua por explorar. Avistámos uma, preta, a complementar harmoniosamente um visual desportivo que um colete de pelo tornou ligeiramente mais posh. Nem parece que anda um vírus à solta. De qualquer forma, felizmente, o sentido de estilo parece ser imune.

Na fotogaleria, veja os melhores visuais de street style do primeiro dia de desfiles da ModaLisboa.