A Madeira não registou nesta sexta-feira novos casos de infetados com covid-19, pelo segundo dia consecutivo, permanecendo 50 pessoas doentes, anunciou a vice-presidente do Instituto da Administração de Saúde da região.

“Não há novos casos positivos a reportar, mantendo-se os 50 infetados positivos e um recuperado”, declarou Bruna Gouveia na videoconferência para apresentação do relatório epidemiológico diário da Madeira, acompanhada pelo secretário regional da Saúde, Pedro Ramos.

A responsável adiantou que, no total, 462 pessoas (mais 91 do que as anunciadas na quinta-feira) foram testadas na região e tiveram resultados negativos. Nas últimas 48 horas foram realizados 117 desses testes. Outras 11 pessoas aguardam resultados de análises efetuadas.

Quanto aos dois doentes que estavam internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, um continua na unidade de cuidados intensivos, sendo a sua situação estável e o outro (internado desde 19 de março) “teve hoje alta hospitalar”.

Por isso, foi transferido para uma unidade hoteleira reservada para o efeito, em Santa Cruz, onde permanecerá em isolamento.

Dos 50 casos de casos atuais de infeção na Madeira, “14 estão em unidade hoteleira”, estando os restantes em isolamento nos respetivos domicílios, informou Bruna Gouveia.

A enfermeira indicou que, após cumprirem quarentena, seis pessoas repetiram os testes, “havendo a registar um doente que havia dado negativo na primeira análise e apresentado um resultado positivo no segundo, pelo que será reavaliado”.

“Os outros cinco voltaram a testaram positivo, incluindo três holandeses que vão repetir os testes”, acrescentou, argumentando que estas situações “vêm reforçar a evidência de que o vírus pode permanecer ativo durante mais de três semanas”.

Relativamente aos casos de vigilância ativa, que ascendem a 476 pessoas, dois são profissionais de saúde e três bombeiros da Ponta do Sol. Do total, 10 estão no hotel Praia Dourada (Porto Santo), três na Quinta do Lorde e 20 no D. Pedro (concelho de Machico), e 259 no Vila Galé (Santa Cruz). Há ainda 325 pessoas em vigilância passiva.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 96 mil mortos e infetou quase 1,6 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Em Portugal, segundo o balanço feito esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 435 mortos, mais 29 do que na véspera (+6,4%), e 15.472 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 1.516 em relação a quarta-feira (+10,9%).