O vulcão Krakatoa, na Indonésia, entrou em erupção, expelindo uma coluna de cinza com 500 metros de altura, na maior erupção desde a que causou um tsunami em 2018, matando centenas de pessoas.

O circuito fechado de televisão do Centro para a Mitigação de Desastres Vulcanológicos e Geológicos da Indonésia mostrou as emissões de lava na sexta-feira à noite, relata a Associated Press (AP).

Segundo o centro, o vulcão esteve em erupção contínua até à manhã deste sábado, tendo sido emitido um alerta de nível 2, o segundo mais alto numa escala de quatro.

O vulcão que causou o sismo teve um pai. E a sua erupção mudou o mundo

Até ao momento, não existem relatos de vítimas. A erupção de 2018 provocou um tsunami nas costas de Sumatra e de Java, matando 430 pessoas.

O Anak Krakatoa, que significa “Filho de Krakatoa”, é o descendente do mítico vulcão Krakatoa, cuja erupção monumental em 1883 desencadeou um período de arrefecimento global que mudaria o mundo: a Terra esteve meio às escuras 18 meses. Pensa-se que o seu descendente pode ser ainda mais perigoso.