Para servir o ID.3 e os outros ID que vêm aí, a Volkswagen desenvolveu um sistema de carregadores mais completo do que o habitual, pois em vez de uma única wallbox, o fabricante alemão avançou com três.

Originalmente, as primeiras fotos do carregador da marca alemã foram reveladas em 2019, mas só agora ficámos a conhecer a complexidade do ID. Charger. Versões há três, todas elas capazes de alimentar a bateria do ID.3 com 11 kW por hora. As diferenças entre o ID. Charger normal, o ID. Charger Connect e o ID. Charger Pro têm sobretudo a ver com os pormenores, que facilitam a sua utilização e controlo por parte do condutor.

A versão mais barata, o ID. Charger, é proposta por 399€ e faz exactamente o que se pode pedir a um destes dispositivos: recarrega a bateria, a 11 kW através de uma tomada Type 2. Por mais 200€, ou seja, por um total de 599€, surge o ID. Charger Connect, que acrescenta uma ligação wifi à versão normal, o que lhe permite ser controlado por uma app a partir do smartphone, com o condutor a saber o estado de carga, o tempo que falta e quantos quilómetros já possui de autonomia.

O carregador mais sofisticado e também mais caro (849€) é o ID. Charger Pro. À versão Connect adiciona um sistema de telecomunicações e um medidor de energia, o que lhe deverá permitir servir melhor vários utilizadores, seja num condomínio ou numa empresa.

Segundo o responsável pela E-Mobility na administração do Grupo Volkswagen, Thomas Ulbrich, a marca “estabeleceu um novo standard entre os construtores generalistas”, ao conceber um sistema de carga em torno do ID.3. “Em breve vão surgir novos serviços e funções, destinados a recarregar um veículo eléctrico como se se tratasse de um telemóvel”, promete.