O banco britânico Barclays ganhou 1.293 milhões de libras (1.423 milhões de euros) no primeiro semestre do ano, 12% menos do que no mesmo período de 2019, anunciou a entidade bancária num comunicado enviado à Bolsa de Londres.

A receita aumentou 21%, para 8.637 milhões de libras (9.508 milhões de euros), em comparação com o período homólogo do ano passado.

No comunicado, o banco británico afirmou que a pandemia de Covid-19 “afetou clientes, trabalhadores e fornecedores do Barclays” e que a maioria dos mercados em que atua “aplicou severas restrições à sua população”.

“Isso resultou num impacto significativo na atividade económica. Ainda não está claro como a situação evoluirá no restante período de 2020 e o Barclays analisa a situação de perto”, sublinhou a entidade bancária.

“No entanto, apesar dos planos de contingência estabelecidos pelo Barclays, a sua capacidade para realizar negócios pode ser afetada por transtornos na infraestrutura ou nos serviços tecnológicos”, acrescentou.