Um incêndio de grandes dimensões destruiu um mercado em Ajman, nos Emirados Árabes Unidos esta quarta-feira. Não há, até ao momento, registo de feridos ou vítimas mortais, segundo avança a agência Reuters que cita o chefe da polícia local. Foi aberta uma investigação para apurar as causas do acidente que ainda são desconhecidas.

As autoridades foram mobilizadas no local para tentarem extinguir as chamas que foram captadas por vários residentes. O incêndio, cujo alerta foi dado por volta das 18h30 locais, foi entretanto controlado ao fim de mais de quatro horas de combate às chamas, escreve a Fox News.

O mercado localizado numa zona industrial estava encerrado há já quatro meses devido à pandemia da Covid-19 — o que pode explicar a razão pela qual não há registo de vítimas. Partes do edifício incendiaram-se e colapsaram por completo, avança ainda a Reuters. Um hospital próximo do local foi evacuado devido por precaução.