A Match, empresa que detém o Tinder, anunciou, aos seus investidores, o lançamento de uma nova subscrição da aplicação de encontros.

A aplicação, que já tem duas subscrições pagas — o Tinder Gold  e o Tinder Plus, prepara-se para lançar o Tinder Platinium. Embora ainda não tenham sido anunciadas as novas funções da subscrição, a Match afirma que os utilizadores terão “mais controlo, uma experiência melhor e mais vantagens”.

De acordo com a TechCrunch, a subscrição está numa fase inicial de desenvolvimento mas deverá estar disponível no mercado antes do final do ano.

Um utilizador do Reino Unido partilhou na rede social Reddit que viu uma publicidade ao “novo” Tinder no website da marca, no entanto não conseguiu prosseguir com a compra. Nessa publicação é possível perceber que o Tinder Platinum permite o envio de mensagens antes dos utilizadores fazerem match, os utilizadores com a subscrição aparecem mais rapidamente no feed das pessoas a quem fizeram “gosto” e fazem match automaticamente com as pessoas que lhe fizeram “gosto”. Além de conter também todas as funções do Tinder Gold.

Os preços iam desde as £5.97 por mês num plano anual às £14.32 se fosse pago mensalmente.

A aplicação de encontros foi lançada em 2012. Em 2017 anunciou as suas primeiras subscrições pagas, o Tinder Plus — que dá aos subscritores várias regalias, como um número ilimitado de “gostos” e a opção de fazer 5 “super likes” por dia, por 4.99€ mês — e o Tinder Gold que permite ver quem colocou “gosto” no subscritor, bem como todas as funcionalidades do Tinder Plus, por 14.99€.