Cristiano Ronaldo está infetado com a Covid-19. O capitão da Seleção Nacional testou positivo depois de nova ronda de testes esta segunda-feira na Cidade do Futebol, em Oeiras, e já foi dispensado dos trabalhos da equipa de Fernando Santos. É o terceiro caso positivo na Seleção, depois de José Fonte e Anthony Lopes.

“Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Seleção Nacional após teste positivo para COVID-19, pelo que não defrontará a Suécia. O internacional português está bem, sem sintomas, e em isolamento. Na sequência do caso positivo os restantes jogadores realizaram novos testes esta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo, e estão à disposição de Fernando Santos para o treino desta tarde, na Cidade do Futebol”, pode ler-se no comunicado da Federação Portuguesa de Futebol, que garante então que o restante plantel testou negativo e está apto para defrontar a Suécia, esta quarta-feira, em Alvalade, em jogo a contar para a fase de grupos da Liga das Nações.

José Fonte testou positivo para a Covid-19. Restante plantel e staff não estão infetados, Domingos Duarte foi convocado

A ideia de que Portugal teria um novo caso positivo no plantel surgiu nas primeiras horas desta terça-feira, altura em que a Federação adiou o treino e a conferência de imprensa de antevisão para o final da tarde depois de estarem inicialmente agendados para o período da manhã. Cristiano Ronaldo defrontou França no passado domingo, em Paris, depois de já ter jogado o particular contra Espanha na passada quarta-feira, em Alvalade. De recordar que o capitão da Seleção Nacional abandonou a bolha de isolamento da Juventus na semana passada, numa altura em que os bianconeri também tinha casos positivos e para se juntar à equipa portuguesa, numa atitude que deve valer-lhe uma multa em Itália.

Um dia especial para Ronaldo que não trouxe a melhor notícia: português denunciado por furar bolha da Juventus

Antes de Ronaldo, recorde-se, também José Fonte e Anthony Lopes testaram positivo para a Covid-19 durante esta concentração da Seleção. Os dois jogadores, que atuam ambos em França, foram prontamente dispensados e substituídos por Domingos Duarte e Bruno Varela, respetivamente. Além dos jogos da Seleção, o jogador português deve ainda falhar os próximos compromissos da Juventus: no sábado, contra o Crotone, para a Serie A, e na próxima terça-feira, contra o Dínamo Kiev, a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.