Dark Mode 169kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Covid-19. Portugal bate novo recorde de casos e de internados em cuidados intensivos

Portugal bateu esta quinta-feira mais um recorde de número de casos de Covid-19 em 24 horas. Há sete dias consecutivos que o número de internados em UCI está a aumentar.

i

Nas últimas 24 horas, registaram-se 6.994 casos de Covid-19 e 69 mortes em Portugal

AFP via Getty Images

Nas últimas 24 horas, registaram-se 6.994 casos de Covid-19 e 69 mortes em Portugal

AFP via Getty Images

O aumento do número de doentes com Covid-19 em estado muito grave continua sem dar sinais de abrandar em Portugal. Pelo sétimo dia consecutivo, esta quinta-feira o número de internados em Unidades de Cuidados Intensivos voltou a subir — e há seis dias que o recorde é batido diariamente.

Neste momento, 458 pessoas infetadas estão internadas em UCI, um aumento de 62% relativamente às 284 que se encontravam nessa condição no início do mês de novembro — que tem sido o mês de todos os recordes na pandemia em Portugal.

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde, registaram-se nesta quinta-feira 69 óbitos e 6.994 novos casos (um novo máximo diário em número de casos). Isto significa que, desde o início da pandemia, a doença já atingiu um total de 243.009 pessoas e matou 3.701 doentes. Ao mesmo tempo, mais 4.222 pessoas recuperaram da infeção nas últimas 24 horas, elevando o total de recuperados para 157.924. No final, feitas as contas, há atualmente 81.384 casos ativos de Covid-19 no país.

Novamente, a região Norte foi a mais afetada do país: foi ali que se registaram dois terços dos novos casos (4.415 em 6.994) e quase metade dos óbitos (29 em 69). As regiões de Lisboa e Vale do Tejo (1.542 casos e 24 mortes) e do Centro (724 casos e 12 mortes) também continuam a ser duramente afetadas.

Já no que toca às faixas etárias, os idosos são os mais vulneráveis e onde a letalidade da doença é maior — mas esta quinta-feira registaram-se dez óbitos em doentes com menos de 70 anos.

Novembro, o mês de todos os recordes

O boletim desta quinta-feira confirma a tendência que se vem registando ao longo das últimas semanas: novembro está a ser o mês mais trágico da pandemia em Portugal.

Os dez dias com mais casos registados em 24 horas verificaram-se todos em novembro, tal como os dez dias com maior número de internados em UCI e os dez dias com mais óbitos em 24 horas.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.