A Mercadona planeia investir mais de 140 milhões de euros nos próximos cinco anos para reduzir o plástico, através da Estratégia 6.25 que já transformou o supermercado de Matosinhos no primeiro nacional a receber o conceito, foi esta quarta-feira divulgado.

Em comunicado, a cadeia de supermercados espanhola esclarece que a Estratégia 6.25 “tem o triplo objetivo” de, até 2025, “reduzir em 25% o plástico, tornar todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico”.

A iniciativa “está a ser implementada através de seis ações que envolvem mudanças em diferentes processos da empresa, desde a definição das embalagens do futuro, à coordenação com os fornecedores, adaptação das lojas, gestão de resíduos e logística”.

A empresa acrescenta que “começou a trabalhar nesta estratégia em 2019, envolvendo todos os colaboradores no desafio de ‘Continuar a Cuidar do Planeta’, tornando os diferentes processos da cadeia de montagem mais sustentáveis”, e que criou uma equipa de trabalho multidisciplinar “para identificar e definir as mudanças a implementar nos diferentes processos da cadeia de montagem para a redução de plástico”.

Nos últimos dois meses, a Mercadona adaptou 72 lojas e transformou-as em Lojas 6.25, nas quais já é possível observar avanços na estratégia e cujo objetivo é ouvir a opinião de clientes e trabalhadores relativamente a todas as ações que a empresa está a desenvolver no âmbito da Estratégia 6.25″, refere.

Nesse período, revela a empresa, “foram recebidas mais de 1.300 sugestões e opiniões, tanto de clientes como de trabalhadores, que estão a contribuir para melhorar as diferentes ações que a Mercadona está a implementar”.

As Lojas 6.25 estão distribuídas por todas as províncias espanholas e, em Portugal, encontra-se em Matosinhos (distrito do Porto), sendo este modelo para continuar a “expandir-se por toda a cadeia ao longo do próximo ano”.

O Grupo de capital espanhol conta “com uma equipa de trabalho que coordena todas as áreas de atuação da Estratégia 6.25, composta por trabalhadores de diferentes departamentos da empresa, tais como Lojas e Prescrição Perecíveis, Obras e Expansão, Prescrição Secos e Informática, Logística, Financeiro e Relações Externas”.

“As primeiras duas ações desta estratégia centram-se no facto de, ao longo de 2020, a Mercadona proceder à eliminação dos sacos de plástico de uso único em todas as secções, bem como os descartáveis de plástico de uso único. A terceira ação, a realizar-se até 2025, implica o compromisso da empresa em reduzir em 25% o uso de plástico nas suas embalagens, eliminando o que não acrescenta valor, substituindo-o por outros materiais e incorporando plástico reciclado”, esclarece.

A quarta medida, salienta a empresa, “demonstra o compromisso em tornar recicláveis todas as embalagens de plástico até 2025”, enquanto na quinta ação a Mercadona “compromete-se a reciclar 100% dos resíduos de plásticos das Lojas físicas”.

“Para concretizar esta estratégia, a empresa irá formar os 90.000 colaboradores que integram a Mercadona em Espanha e em Portugal. Além disso, transmitiu também os objetivos da estratégia aos seus fornecedores, que já estão a trabalhar na sua implementação em conjunto com os departamentos de Compras e Prescrição”, observa.