Onde está o Wally? Na nova coleção da Vans

O célebre boneco nasceu em 1987 e acaba de saltar das páginas dos livros para uma coleção de vestuário, calçado e acessórios. Vans x Onde está o Wally? tem lançamento marcado para 12 de janeiro (nas lojas e online) e parte das habituais multidões caóticas para dar cor a uma edição limitada de peças para homem, mulher e criança. Em algumas, continua a ser preciso procurar a personagem. Noutras, foram as riscas brancas e vermelhas da camisola que sempre usa a ditar a inspiração. Os preços variam entre os 28 e os 65 euros.

© Divulgação

O regresso ao barro da Pura Cal

Depois de Zuvi Zeva Zivi, inspirada no imaginário pop dos anos 80, a Pura Cal volta a desenhar uma coleção feita em barro, desta vez na sua cor natural. São seis jarras e potes de diferentes tamanhos, em que as argolas e asas assumem o protagonismo. Todas as peças são feitas à mão numa olaria em Monsaraz, na roda tradicional, e estão à venda na loja de decoração da marca, em Lisboa, e também online. A mais pequena custa 19 euros e a maior 49 euros.

© Divulgação

Fenty Skin. O ritual de beleza de Rihanna chega a Portugal

Depois da maquilhagem, os cuidados para a pele. As novidades de Rihanna podem ter tardado (há sempre um compasso de espera após o lançamento nos Estados Unidos), mas já estão à venda em Portugal. A Fenty Skin sucede à Fenty Beauty, marca lançada pela cantora em 2017, cujos produtos têm conquistado alguns gurus da maquilhagem. A nova gama chega às lojas Sephora com quatro produtos: um creme de limpeza, um sérum tonificante, um creme hidratante e um creme de noite. Os dois últimos também são vendidos em formato de recarga. Os preços vão dos 23,90 aos 38,50 euros.

© Instagram

FLO. As caixas que trazem flores

Das sementes para plantar à prensa para secar, a FLO acompanha todo o ciclo de vida das flores através de caixas originais, entregues em casa. Lançada em setembro, a marca de Madalena Pereira quer florir o mundo, um kit “faça você mesmo” de cada vez. Entre os produtos lançados contam-se a growing box, uma caixa com tudo o que é necessário para semear flores de época, a flower showcase, uma estrutura em pinho para expor flores secas e a flower press, uma prensa para secar, quem sabe, as flores plantadas com a primeira caixa. Para arrancar o ano em beleza, existe ainda um calendário de parede ilustrado em que cada folha inclui uma saqueta de sementes para plantar nesse mês. Todas as caixas estão à venda no site da marca, a partir de 16,50€.

© Divulgação

Pvra. A arte de decantar o vinho e soprar o vidro

Um evoca uma enorme gota de água, outro parece prestes a escorregar para o chão e um terceiro escolheu o canto da mesa para um improvável jogo de equilíbrio. São três decantadores e marcam a chegada da Pvra, uma nova marca que quer celebrar, com elegância, a arte de soprar o vidro. As três garrafas são fabricadas na Marinha Grande e foram batizadas com nomes de castas portuguesas de vinho: Gorda, Engomada e Bastarda. Esta última, a mais equilibrista de todas, tem também direito a uma base de madeira maciça, a pensar em quem não consegue simplesmente encaixá-la numa esquina. Numerados em séries limitadas, os decantadores estão à venda na loja online da marca e custam entre 150 e 200 euros.

© Divulgação

SwatchPAY, o relógio que paga as contas (mas só algumas)

Sem cartões e mesmo sem o telemóvel, a Swatch quer agora que seja o relógio que trazemos no pulso a pagar a conta. Para isso, lançou o SwatchPAY, em parceria com a Caixa Geral de Depósitos, dotado de tecnologia contactless e, quando encostado aos terminais habilitados, capaz de pagar montantes até 50 euros sem introdução de código. Em Portugal, já existem cinco modelos deste relógio, que começou por ser lançado no mercado chinês, em 2017. Estão à venda nas lojas da marca e nas agências da Caixa (apenas clientes deste banco podem usar o equipamento, neste momento). Além dos pagamentos, é claro, também dá as horas. Os preços vão dos 85 aos 105 euros.

© Divulgação

“Vimos e Gostámos” é uma rubrica que pretende mostrar os novos lançamentos que vale a pena conhecer.