A Google lançou na quinta-feira uma nova atualização para o navegador Chrome, para corrigir uma falha de segurança considerada perigosa, que está a ser ativamente explorada por hackers.

A versão 88.0.4324.150 do Chrome já está disponível para os sistemas operativos Windows, Mac e Linux e a Google apela a que todos os utilizadores instalem a atualização.

A Google não pretende revelar mais detalhes sobre a vulnerabilidade identificada, até que a maioria dos utilizadores descarreguem a correção.

Mas o site ZDNet dá conta de que esta falha foi reportada a 24 de janeiro, apenas uns dias antes do Threat Analysis Group da Google ter também divulgado uma campanha de ciberataques, levados a cabo por hackers apoiados pelo governo da Coreia do Norte.

Google alerta para ataques de hackers norte-coreanos a investigadores de cibersegurança

Também neste caso, os hackers estavam a aproveitar-se de um problema não corrigido no Chrome. De acordo com investigadores de cibersegurança, refere o ZDNet, é provável que a origem das duas ocorrências esteja na mesma falha, dada a sua proximidade no tempo.