No mesmo dia em que o pai de Britney Spears perdeu o controlo total sobre as finanças da filha, Justin Timberlake pede publicamente desculpas à cantora — a ela e a Janet Jackson. Numa publicação na conta de Instagram, Timberlake admite que viu “as mensagens, as hashtags [numa muito provável alusão a #freeBritney], os comentários e as preocupações”, motivo pelo qual não quer ficar em silêncio. “Lamento profundamente pelos momentos na minha vida em que as minhas ações contribuíram para o problema”, diz.

A fortuna, a saúde mental e as injustiças do passado. Poderá um novo documentário libertar Britney Spears?

“Quero pedir desculpa especificamente à Britney Spears e à Janet Jackson, de forma individual, porque preocupo-me e respeito estas mulheres e sei que falhei”, continua. Timberlake faz referência a uma “conversa maior”, a qual inclui a indústria “imperfeita”, que “prepara os homens, especialmente os brancos, para o sucesso”. “Está desenhada desta forma. Enquanto homem numa posição privilegiada, tenho de falar sobre isto.”

© justintimberlake/Instagram

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O pedido de desculpas a Britney Spears acontece no rescaldo do documentário “Framing Britney Spears”, produzido pelo The New York Times, que mostra a forma como a cantora sofreu às mãos dos media e como o próprio Timberlake terá prejudicado a imagem da artista e, consequentemente, a saúde mental desta.

A fortuna, a saúde mental e as injustiças do passado. Poderá um novo documentário libertar Britney Spears?

Já a referência a Janet Jackson está relacionada com a atuação de ambos no famoso intervalo do Super Bowl, em 2004. No final da atuação, Timberlake rasgou a roupa de Jackson, que ficou com um dos seios à mostra. Este ano, fãs da artista, que acreditam que o incidente provocou danos à carreira de Jackson e não à de Timberlake, usaram a hashtags #JanetJacksonAppreciationDay para demonstrar apoio, lembra a CNN.

“Sei que este pedido de desculpas é um primeiro passo e não absolve o passado. Quero assumir a responsabilidade pelos meus erros nisto tudo, bem como fazer parte de um mundo que eleva e apoia”, diz ainda. “Preocupo-me profundamente com o bem-estar das pessoas que amo e que amei. Posso fazer melhor e farei melhor.”