O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou esta quarta-feira com António Guterres transmitindo-lhe “caloroso apoio” à sua candidatura a um novo mandato de cinco anos como secretário-geral das Nações Unidas.

Esta informação foi divulgada através de uma nota no portal da Presidência da República na Internet, depois de o primeiro-ministro, António Costa, ter formalizado o apoio Portugal à recandidatura de António Guterres.

O Presidente da República saúda, com grande júbilo, a recandidatura do engenheiro António Guterres, com quem já hoje falou transmitindo o seu caloroso apoio, a um novo mandato como secretário-geral das Nações Unidas”, lê-se na nota.

Marcelo Rebelo de Sousa defende que António Guterres “é a pessoa certa para continuar a promover o imprescindível papel e a reforma daquela organização“.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Segundo o chefe de Estado, a recandidatura de António Guterres “é uma excelente notícia para as Nações Unidas, porque demonstrou ser um brilhante secretário-geral“, e também “é uma excelente notícia para Portugal, porque é um português de enorme valor“.

O Presidente da República afirma esperar que o antigo primeiro-ministro português possa “continuar a ocupar o lugar mais importante da mais importante organização internacional”.