480kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

António Guterres

Guerra na Ucrânia

Guterres pede cessar de atividade em Zaporíjia

Guterres quer que a Rússia e a Ucrânia cessem a atividade em Zaporíjia, por receio de desastre nuclear, e afirmou que estas instalações "não devem ser utilizadas como parte de operações militares".
Noticiário

5h. ONU pede fim de ataques a centrais nucleares

Líder das Nações Unidas apela ao fim dos ataques junto à central nuclear de Zaporíjia, na Ucrânia. E Joe Biden conseguiu ver o plano para o clima e a saúde aprovado no Senado.
Hiroshima

"Humanidade está a brincar com uma arma carregada"

O secretário-geral da ONU disse em Hiroshima que a humanidade está "a brincar com uma arma carregada" nas atuais crises nucleares, num discurso em Hiroshima.
Noticiário

6h. Exercícios militares da China junto a Taiwan

O Ministro da Defesa de Taiwan revela que lotes de aeronaves e navios da China estão a ser avistados. Ainda neste jornal, o secretário-geral das Nações Unidas pede o fim das armas nucleares.
Noticiário

5h. Benfica. Schmidt satisfeito com exibição

Os encarnados venceram o Arouca por 4-0 no primeiro jogo da edição 2022/2023 da Liga Portuguesa. Ainda neste jornal, António Guterres pede o fim das armas nucleares, num discurso no Japão.
Noticiário

4h. António Guterres pede fim de armas nucleares

O secretário-geral das Nações Unidas discursou no Japão a propósito do aniversário da queda da bomba atómica em Hiroshima. Ainda neste jornal, as máquinas de Archie devem ser desligadas este sábado.
Guerra na Ucrânia

Olenivka. ONU investiga explosões em prisão

Após "pedidos da Federação Russa e da Ucrânia", Guterres decidiu criar uma comissão de inquérito para apurar " a verdade" das explosões numa prisão, na zona separatista pró-russa, no leste ucraniano.
Noticiário

21h. Preços não sobem, garante Endesa a clientes

Garantia é dada pela empresa num email enviado aos clientes. E ainda, secretário-geral da ONU deixa um apelo aos líderes mundiais: é preciso taxar os lucros "imorais" no sector da Energia.
Noticiário

10h. Odessa. ONU: "primeiro de muitos" navios

A reação das Nações Unidas à partida do primeiro navio comercial da Ucrânia, desde o início da guerra. Especialistas acreditam que se trata de forma de "chantagem" da Rússia.
António Guterres

ONU. Regiões e países não passam crises sozinhos

António Guterres falou no Fórum Eurafrica e salientou a necessidade de "fomentar soluções inovadoras e justas e juntos construir um futuro mais justo, verde e equitativo para todos".
Ursula von der Leyen

Von der Leyen agradece esforços de Guterres

Ursula von der Leyen saudou os "esforços incansáveis" de António Guterres para desbloquear a exportação de cereais retidos nos portos do Mar Negro.
Noticiário

18h. Chega quer ser ouvido por Marcelo

Chega volta a criticar o presidente da Assembleia da República depois do conflito com André Ventura. E João Gomes Cravinho elogia Guterres pela mediação no acordo sobre os cereais ucranianos.
Guerra na Ucrânia

Guterres. Acordo é "um alívio para o mundo"

António Guterres sublinhou que o acordo para desbloquear a exportação de cereais devido à guerra é "um alívio para o mundo" e elogiou a Ucrânia e a Rússia por conseguirem ultrapassar os obstáculos.
Presidência da República

Força de Gouveia e Melo faz suspirar por Passos

Sondagens comprovam popularidade do almirante. Se Passos quiser Belém em 2026, PSD não falta à chamada. Mendes e Portas mantêm tabu e latitude para qualquer decisão. Costa tem problema para resolver.
Alterações Climáticas

Guterres: humanidade enfrenta “suicídio coletivo”

O secretário-geral das Nações Unidas deixou avisos sobre um “suicídio coletivo” devido à crise climática, numa altura em que os incêndios e vagas de calor estão a afetar vários países.
População

População mundial. 8 mil milhões até novembro

A população mundial deve chegar aos 8 mil milhões de pessoas até 15 de novembro. António Guterres diz que este é "um momento para celebrar a nossa diversidade" e "reconhecer a nossa humanidade".
G20

G20. Guterres apela ao multilateralismo

António Guterres apelida a crise climática como "emergência número um" e crises alimentar, energética e financeira, agravadas pela guerra na Ucrânia, como "segunda prioridade global".
Guerra na Ucrânia

Ucrânia. Reconstrução "levará anos", diz Guterres

"Este é um longo caminho, mas deve começar agora", afirma Guterres sobre a reconstrução da Ucrânia. A ONU está empenhada a salvar vidas, fortalecer os esforços de socorro e avançar com os planos.
Aborto

Há urgência climática e oceânica. E a obstétrica?

Guterres abriu a Conferência dos Oceanos garantindo que há “uma urgência oceânica” equivalente à do clima. É preciso azar. Temos tudo o que é urgências menos as obstétricas, que davam tanto jeito.
Noticiário

2h. Biden escolhe apoiar Ucrânia a combustíveis

Presidente dos Estados Unidos escolhe enfrentar Vladimir Putin em vez de evitar a subida dos preços dos combustíveis. E António Costa espera ações drásticas da Conferência dos Oceanos da ONU.
António Costa

Costa quer ações para emergência oceânica

António Costa reuniu-se com António Guterres e diz que devem ser tomadas "ações drásticas" para enfrentar a emergência oceânica. Guterres defende aposta em infraestruturas costeiras resilientes.
Ainda Bem que Faz Essa Pergunta

É a Conferência dos Oceanos ou o “Perdoa-me”?

Guterres pede desculpa, Marcelo aconselha os jovens a não confiarem nos actuais líderes. Há pesos na consciência dos responsáveis políticos das últimas décadas.
E o vencedor é...

De boas intenções também está o Oceano cheio

Desculpas de Guterres são um assumir de culpas por estarmos a perder a batalha pelo mar. Problema do SNS não é um CEO. Com participação especial de Nuno Santos, António José Teixeira e Bernardo Ferrão
Noticiário

6h. Boris Johnson quer ajudar Ucrânia com 11M€

Primeiro-ministro britânico quer usar esta quantia para reparar os portos ucranianos no Mar Negro. E António Guterres admite que o mundo está a perder a batalha pelos oceanos.
Noticiário

5h. PR "esperançoso" com Conferência dos Oceanos

Marcelo Rebelo de Sousa diz que está "esperançoso" com o documento que será assinado nesta conferência da ONU. E Boris Johnson vai apelar à ação do G7 sobre o bloqueio aos cereais ucranianos.
Noticiário

2h. Ana Carvalho é a nova presidente do Volt

Fonte oficial indica que a nova líder vai dirigir o partido como copresidente, juntamente com Duarte Costa. E o secretário geral da ONU acredita que uma negociação de paz é impossível para já.
Noticiário

00h. Colômbia. 4 mortos depois de queda de bancada

Acidente aconteceu em El Espinal. Presidente colombiano pede fim de touradas. Ainda neste jornal, António Guterres não acredita numa negociação de paz entre Rússia e Ucrânia nos próximos tempos.
Guerra na Ucrânia

Para já, Guterres não acredita que guerra termine

O secretário-geral da ONU não se mostra confiante no fim do conflito na Ucrânia a curto prazo. Guterres caracteriza como "suicídio" países que se estão a virar novamente para combustíveis fósseis.
Noticiário

21h. PR desvaloriza saída da embaixadora ucraniana

Marcelo Rebelo de Sousa elogia também papel “incansável” de António Guterres na guerra na Ucrânia. E ainda, Centro Comercial Colombo em Lisboa reabre amanhã, depois de incêndio.
Noticiário

20h. Ucrânia. ONU preocupada com crise alimentar

Secretário-geral das Nações revela que tem mantido diálogo com vários países, para resolver crise alimentar. E, greve no Metro de Lisboa com adesão na ordem nos "100%".
Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo destaca papel de Portugal nas renováveis

O Presidente da República destacou o papel pioneiro de Portugal na aposta nas energias renováveis, quando muitos diziam que isso era "uma tolice", e a importância de acordos globais.
António Guterres

Oceanos. Guterres pede desculpa às novas gerações

O secretário-geral das Nações Unidas pediu desculpa às novas gerações pela falta de atenção dada pelas gerações mais velhas e decisores políticos aos oceanos.
Noticiário

23h. Revogação do aborto. ONU alerta para perigos

Depois da decisão do Supremo Tribunal dos EUA, secretário-geral da ONU defende que os direitos e saúde sexual e reprodutiva são fundamentos de uma vida de escolha, empoderamento e igualdade.
Guerra na Ucrânia

Ucrânia precisará de "10 anos" para desminar país

Porta-voz dos serviços de emergência ucranianos assume que cerca de metade do território ucraniano apresenta risco de minas. "Não sabemos o que está acontecer onde há combate ativo", explicou.
Noticiário

6h. EUA. Senado aprova restrição de acesso a armas

Proposta conseguiu apoio de todos os democratas e de 15 senadores republicanos incluindo líder da minoria no Senado. Ainda, Guterres defende que Rússia não deve ser excluída da Conferência dos Oceanos
Nações Unidas

Guterres lamenta sismo no Afeganistão

António Guterres lamentou o "terramoto mortífero" que atingiu o leste do Afeganistão na quarta-feira, causando a morte de mais de mil pessoas. O secretário-geral disse ainda que a ONU está mobilizada.
Nações Unidas

Guterres condena ataques no Congo

Ataques da rebelião do movimento 23 de março na República Democrática do Congo são condenados por Guterres. A ONU continua a apoiar o exército congolês e procura a proteção dos civis afetados.
Síria

Síria. Guterres defende corredor transfronteiriço

Em sessão do Conselho de Segurança, Guterres lembrou que 14,6 milhões de sírios precisam de ajuda 11 anos após o início da guerra no país. "Situação humanitária na Síria continua terrível", declarou.
Guerra na Ucrânia

Guterres ataca pseudo-ciência da indústria fóssil

Secretário-geral da ONU compara a indústria fóssil às tabaqueiras por promoverem "uma falsa narrativa". Guterres apela a que a guerra na Ucrânia não seja usada para aumentar dependência fóssil.
António Guterres

Guterres quer inclusão de pessoas com deficiência

Secretário-geral da ONU apelou à utilização de tecnologias de apoio para promover a igualdade de oportunidades a mil milhões de pessoas com deficiências na entrada para o mercado de trabalho.
António Guterres

Guerra e falta de ações agravam "caos climático"

António Guterres disse que o "caos climático" agravou-se devido ao aumento do consumo de combustíveis fósseis provocado pela guerra e pela falta de intervenção contra o aquecimento global.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.