459kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Quando vai ser vacinado? Veja aqui a tabela com as previsões da task force em função da idade

Este artigo tem mais de 1 ano

Task force avançou com uma previsão sobre quando serão vacinadas as várias faixas etárias. Quem tem 30 anos ou mais deve estar vacinado até setembro e atinge-se a imunidade de grupo.

O novo coordenador da 'task force' para o plano de vacinação em Portugal, vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, momentos antes do início da XV sessão de apresentação sobre a “Situação Epidemiológica da COVID-19 em Portugal”, no Infarmed, em Lisboa, 09 de fevereiro de 2021. ANTÓNIO COTRIM/LUSA
i

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Todas as pessoas com 30 anos ou mais vão estar vacinadas contra a Covid-19 (pelo menos com a primeira dose) até setembro, anunciou o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task force responsável pela campanha de imunização, na reunião no Infarmed entre especialistas, o Governo e os decisores políticos.

Numa tabela apresentada esta terça-feira, o vice-almirante confirmou que a campanha de vacinação com a primeira dose contra a Covid-19 na faixa etária dos 80 anos ou mais foi dada como terminada a 11 de abril e que todas as pessoas elegíveis para vacinação com 70 a 79 anos devem estar inoculadas (no mínimo com a primeira dose) até ao próximo domingo.

Henrique Gouveia e Melo indicou que a meta dos 70% de população adulta vacinada contra a Covid-19 — que pode equivaler ao atingimento da imunidade de grupo contra a Covid-19 — deve ser atingida até setembro, altura em que todas as pessoas com 30 anos ou mais estarão vacinadas contra a Covid-19.

Nas contas da task force, a faixa etária dos 60 anos deve estar vacinada pelo menos com a primeira dose até 23 de maio, na faixa etária dos 50 anos será até 13 de junho e a administração de pelo menos a primeira dose a quem está na casa dos 40 anos deve estar concluída a 01 de agosto.

O processo seria mais célere não fossem as condicionantes em termos de idades sob as quais se encontram duas das vacinas autorizadas neste momento: a da AstraZeneca/Universidade de Oxford e a da Johnson&Johnson, o que equivale a um total de 500 mil vacinas condicionadas no segundo trimestre e de 2,7 milhões no terceiro.

De qualquer modo, a administração de pelo menos a primeira dose nas três faixas etárias mais velhas (que engloba os indivíduos com 60 anos ou mais) equivale a proteger o grupo da população onde foram registadas 96,04% das mortes por Covid-19, o que também aliviará a pressão sobre o Serviço Nacional de Saúde.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.