E o volte-face aconteceu: depois de ter sido sancionado com uma suspensão de 21 dias na sequência do cartão vermelho no final do jogo frente ao Moreirense, o que faria com que ficasse na bancada até à última jornada da Liga, Sérgio Conceição vai estar no banco do FC Porto no clássico frente ao Benfica na Luz desta quinta-feira.

A 19.ª expulsão da carreira (quarta da época) valeu 21 dias de suspensão: Sérgio Conceição arrisca falhar todas as últimas cinco jornadas

O treinador dos azuis e brancos viu a providência cautelar que tinha sido apresentada a ser apreciada em tempo útil pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD). Ou seja, para já, os dias restantes de suspensão ficam “congelados”, sendo até provável que a decisão do órgão possa apenas surgir depois do final da temporada.

Conselho de Disciplina da Federação rejeitou recurso do FC Porto sobre a suspensão de Sérgio Conceição

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De recordar que, logo após o castigo, o FC Porto recorreu para o Conselho de Disciplina da Federação, que deu como indeferido esse recurso e fez com que Sérgio Conceição falhasse o último jogo com o Famalicão. Já se sabe entretanto que o colégio arbitral para o caso está fechado, com Sérgio Castanheira a ser o presidente, Tiago Rodrigues Bastos indicado pelo FC Porto e Carlos Ribeiro pela Federação Portuguesa de Futebol.