Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Para fugir aos habituais objetos em plástico e proporcionar uma alternativa a quem quer decorar o quarto das crianças de forma mais natural e ecológica, Beatriz Almeida começou a idealizar a Cru Kids, muito antes do seu lançamento, em março. A cortiça faz parte da história da família há várias gerações, mas a formação em marketing começou por orientá-la noutra direção. Há mais de dois anos, decidiu que ainda não era o momento certo para explorar a matéria-prima que lhe era tão familiar, pôs o projeto na gaveta e criou uma agência.

A vontade de lançar a própria marca ficou apenas adormecida e, com a pandemia, o bichinho voltou a falar mais alto. “Digo sempre que não há matéria-prima mais incrível”, afirma a empresária de 26 anos, oradora fervorosa sempre que o assunto é a cortiça. A maternidade só acentuou ainda mais uma paixão antiga. “Não havia muitas soluções de materiais para decorar os quartos de criança, era tudo muito limitado ao plástico, que hoje em dia até já tentamos eliminar da educação dos nossos filhos. No caso do quarto da Carminho, começámos por ter uma parede em cortiça. Depois, quisemos ter mais coisas”, conta.

Beatriz Almeida, o marido José Ferreira e Carminho, a filha do casal © Divulgação

Sem designers na família, mas com uma ideia muito clara do que queriam, Beatriz e o marido retomaram a ideia inicial e voltaram a trabalhá-la à luz do que fazia falta no quarto da filha. Se há mais de dois anos, ainda durante a gravidez, começaram a pensar em como a cortiça podia estar mais presente nos interiores lá de casa, agora as peças tinham de cumprir funções específicas — meramente estéticas e não só.

A girafa, o maior sucesso de vendas desde que a Cru Kids foi lançada, é simultaneamente útil e decorativa — permite assinalar a evolução da altura das crianças com pins e até juntar fotografias e “os miúdos deliram”, admite Beatriz. Nuvens, andorinhas, estrelas e foguetões também podem ser aplicados na parede, tal como os letreiros personalizados com nomes e outras palavras. Quanto à régua que tem dominado as encomendas, há novidades a chegar já na próxima semana, com novas versões em forma de folha e foguetão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“O nosso objetivo é inovar mais. Neste momento é tudo 100% feito em cortiça, sem tintas, só com gravação a laser. Mas a ideia é misturar com outros materiais sustentáveis no futuro, como a madeira, de forma a criarmos peças de mobiliário, por exemplo”, revela a empresária. A viver em Coimbra, Beatriz e o marido garantem a produção das peças mais simples, enquanto as mais complexas são feitas na fábrica do pai, em Santa Maria da Feira, a terra onde cresceu rodeada de cortiça.

Algumas das pelas de decoração em cortiça da Cru Kids © Divulgação

“Tem havido uma evolução enorme”, reconhece. Nos artigos de decoração infantil em cortiça, Beatriz encontrou uma oportunidade por explorar, embora reconheça que o setor desenvolve hoje soluções cada vez mais apelativas para trazer a matéria-prima portuguesa para o quotidiano. “Muitas empresas têm feito uma grande aposta no design, apesar da cortiça continuar a ser vista de forma um pouco ingrata. Fizemos questão de começar por lançar a Cru Kids em Portugal precisamente para que as pessoas vissem a versatilidade que este material tem e para destruir o preconceito de que não é bonito ou que as peças são desprovidas de design”, continua.

Os planos de internacionalização não desapareceram. A marca vai começar por Espanha para depois, à medida que forem retomadas as principais feiras europeias do setor, tentar chegar a mercados tão promissores como a Alemanha, os Países Baixos e toda a Escandinávia. Além da oferta principal, a marca quer apostar noutros ambientes da casa. Artigos de mesa e cozinha já fazem parte do catálogo, mas mais novidades vão aparecer ainda este verão — Beatriz promete uma nova coleção em agosto, assinada por uma designer de interiores portuguesa.

Nome: Cru Kids
Data: 2021
Ponto de venda: loja online
Preços: dos 11,60 aos 62 euros

100% português é uma rubrica dedicada a marcas nacionais que achamos que tem de conhecer.