Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

David Beckham, um dos mais conhecidos jogadores de futebol do mundo, que passou pelo Manchester United, Real Madrid e Paris Saint-Germain antes de se reformar e tornar-se um dos donos de clubes como o Salford City e o Inter Miami CF, encontrou um novo negócio. Investiu na Lunaz, especialista na transformação de veículos normais em eléctricos, adquirindo 10% da sociedade britânica, localizada em Silverstone.

A Lunaz é um grupo com tradições na recuperação de veículos clássicos, sobretudo ingleses, como os Jaguar e Rolls-Royce dos anos 50 a 70, o que garante através da Lunaz Design, que também electrifica estes modelos históricos, substituindo os antigos motores, desgastados e poluentes, por novas unidades eléctricas e respectivas baterias.

Paralelamente, a Lunaz Applied Technologies especializou-se na electrificação de veículos comerciais ou industriais, tendo um camião de lixo alimentado exclusivamente por baterias como exemplo do trabalho que pode realizar. Por fim, a Lunaz Powertrain surge como responsável pelo desenvolvimento de packs “chave na mão” para pequenos construtores, que desejem adaptar modelos concebidos originalmente para aceitar mecânicas a gasolina ou a gasóleo, para motores eléctricos e baterias.

A entrada de David Beckham surge num momento em que a Lunaz se reformulou e está apostada em crescer, prevendo atingir 500 empregados em 2024. E o ás da bola não investiu de olhos fechados, uma vez que entra no capital de uma empresa onde também investiram pesos-pesados como a família Barclay e a Reuben, considerada a segunda mais rica do Reino Unido.

Além do camião do lixo eléctrico, a Lunaz mostrou uma série de veículos clássicos electrificados, de um Range Rover original ao Jaguar XK120, passando por um Rolls-Royce Phantom V e um Bentley Continental de outros tempos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR