O comentador desportivo Pedro Henriques considera que o lance entre Nélson Semedo e Mbappé não era motivo para a marcação de penálti a favor da seleção de França. Em declarações à Rádio Observador, durante o relato do jogo entre Portugal e França, o ex-árbitro afirmou que a falta assinalada pelo árbitro espanhol Antonio Mateu Lahoz é “muito forçada”.

“Não consigo ver a infração”. Análise de Pedro Henriques ao penálti a favor de França

O videoárbitro, que analisou o lance, concordou com a leitura do árbitro espanhol, afirmando que o braço direito do lateral foi propositadamente movimentado para derrubar Mbappé. Mas Pedro Henriques argumenta que esse movimento é um mero reflexo do atleta português a “proteger a sua posição”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O comentador desportivo insistiu na Rádio Observador que a jogada entre Nélson Semedo e Mbappé não significa “nada”: “Não vejo nada, o Mbappé choca contra o adversário no limite da área. Não consigo ver a infração”, descreve o especialista.

O penálti a favor de França resultou em golo, marcado por Benzema, que empatou a partida a minutos do intervalo após outro penálti, esse a favor de Portugal, concretizado por Cristiano Ronaldo.