Obrigado por ser nosso assinante. Não se esqueça de subscrever a nossa Newsletter exclusiva dos bastidores.

Dirigido a todos os que se revelam fãs de SUV com uma silhueta estilo coupé, fruto de um pilar C mais inclinado e de um tejadilho mais arqueado e mais baixo, chegou ao mercado português o Q4 Sportback e-tron, o segundo modelo a bateria da Audi a recorrer à plataforma MEB, a arquitectura do Grupo Volkswagen específica para veículos eléctricos, o que lhe permite desde logo fazer um melhor aproveitamento do espaço interior, oferecendo, por isso, uma habitabilidade ao nível de um modelo do segmento superior.

Com 4,588 m de comprimento, 1,865 m de largura, 1,614 m de altura e 2,764 m de distância entre eixos, o novo Q4 Sportback e-tron alia ao perfil mais desportivo um design com preocupações aerodinâmicas (Cx de 0,27) – essencial quando se pretende rentabilizar ao máximo a energia disponível na bateria. A propósito, a marca dos quatro anéis recorre apenas a dois dos acumuladores do grupo, os de maior capacidade, nomeadamente de 55 kWh (52 kWh úteis) e de 82 kWh (77 kWh úteis), com o Q4 Sportback e-tron a apresentar-se em quatro versões e outros tantos níveis de potência.

O modelo de acesso à gama é Q4 35 Sportback e-tron, o único a montar o acumulador mais pequeno e, por isso mesmo, aquele que anuncia uma autonomia inferior, de apenas 349 km, de acordo com o protocolo de homologação europeu WLTP. Em troca de 46.920€, oferece 170 cv/125 kW de potência e 310 Nm de binário, enviados para o eixo traseiro, estando a sua velocidade máxima limitada a 160 km/h. O mesmo acontece com o Q4 40 Sportback e-tron, em tudo similar ao 35, excepto na potência e na capacidade da bateria. O motor continua a ser traseiro e com o mesmo torque, mas passa a debitar 204 cv/150 kW, ao passo que a bateria de 82 kWh também recarrega a 7,2 kW em corrente alternada, aceitando carga rápida até 100 kW em corrente contínua. Face ao 35, Q4 40 Sportback e-tron baixa o sprint de 0 a 100 km/h de 9 para 8,5 segundos, ao mesmo tempo que é a opção mais adequada para quem pretende visitas mais espaçadas ao posto de recarga, na medida em que esta é a versão com maior autonomia dentro da gama (534 km), com um preço a partir de 53.853€.

9 fotos

Nesta fase de lançamento, a única opção com tracção integral é representada pelo Q4 50 Sportback e-tron quattro, o topo de gama. Tal como acontece no Q4 45 quattro (195 kW/265 cv; 57.354€), cuja introdução no mercado português tardará mais um pouco, estas unidades montam um segundo motor eléctrico à frente. No caso do 50, o motor traseiro debita a mesma potência que no Q4 40 Sportback e-tron (204 cv e 310 Nm de binário), mas passa a estar associado a uma unidade eléctrica no eixo dianteiro com mais 109 cv e 162 Nm, que entra ao serviço apenas quando é preciso muita potência ou uma grande aderência, o que resulta numa potência combinada de 299 cv/220 kW e num binário máximo de 460 Nm. Além de usufruir do sistema quattro, outra das vantagens desta versão recai na carga rápida, com a bateria de 82 kWh a passar a aceitar 125 kW ao invés de 100 kW, o que baixa o tempo de carga em DC, nos postos capazes de entregar tamanha potência. O que baixa também é a fasquia de 0 a 100 km/h, que se cifra em 6,2 segundos, enquanto a velocidade máxima sobe para 180 km/h. Mas como não há milagres e o Q4 50 Sportback e-tron quattro, sendo mais potente, monta um acumulador igual ao Q4 40, a autonomia recua para 497 km/h, reflexo de um consumo combinado entre 17,5 e 20,9 kWh/100 km. A capacidade de reboque, nas variantes quattro, vai até 1200 kg, mais 200 kg que nas restantes versões.

Segundo a SIVA, importador da Audi para Portugal, o novo Audi eléctrico está disponível com oito cores para a carroçaria, a iluminação exterior é integralmente em LED, sendo o head-up display com realidade aumentada um dos vários opcionais, tal como o sistema de som premium SONOS, com 10 colunas. Outro extra é a bomba de calor, elemento que, como a própria marca admite, “contribui para aumentar a eficiência, especialmente em percursos mais longos”. Pode conferir aqui o equipamento de série para cada versão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR