Lula da Silva cresceu um ponto percentual nas intenções de voto para as eleições presidenciais no Brasil e chegou aos 45%, segundo uma sondagem da BTG/FSB revelada esta segunda-feira. A mesma pesquisa revela ainda que o valor sobe para os 48% com a exclusão dos votos brancos e nulos. Jair Bolsonaro manteve-se nos 35% que tinha na última sondagem.

O antigo chefe de Estado brasileiro Lula da Silva mostrou-se confiante numa vitória logo à primeira volta nas presidenciais de domingo e prometeu começar logo a “reconstruir o país”.

“Estamos a um passo da vitória a 02 de outubro, falta um tiquinho, só um tiquinho”, afirmou o candidato, perante um auditório recheado de artistas de diferentes áreas, como música, cinema e televisão, intelectuais e representantes de movimentos sociais, em São Paulo.

Transmitido ao vivo pelas redes sociais, a “Super Live Brasil da Esperança” abriu a última semana de campanha de Lula que procura dentro de seis dias um terceiro mandato à frente do país.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.