Logo Observador
Justiça

Casas de luxo de Álvaro Sobrinho arrestadas pela justiça

3.159

Apenas um dos cinco apartamentos estava em nome de Álvaro Sobrinho e da mulher, tendo os restantes quatro passado para o nome dos filhos do empresário.

O arresto dos apartamentos foi convertido a favor do Ministério Público

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Cinco apartamentos de luxo em Cascais do empresário angolano Álvaro Sobrinho foram arrestados e convertidos em definitivo a favor do Ministério Público, avança o Correio da Manhã.

O ex-presidente executivo do BES Angola é suspeito de branquear 80 milhões de euros, montante que está sob investigação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal.

De acordo com o mesmo jornal, os cinco apartamentos de luxo situam-se no Estoril Sol Residence, em Cascais. Apenas um dos imóveis estava em nome de Álvaro Sobrinho e da mulher, tendo os restantes quatro passado para o nome dos filhos do empresário.

Álvaro Sobrinho também foi investidor do empreendimento de luxo Atlântico Estoril Residence, na mesma zona, através da Fundbox, uma sociedade de gestão e investimento imobiliário, onde investiram vários empresários angolanos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: socoelho@observador.pt
Justiça

Eu não dou para o peditório de São Dias Loureiro

José Manuel Fernandes
2.726

É preciso muita lata para Dias Loureiro se apresentar como um mártir da Justiça. E muito despudor e desconhecimento da lei para se condenar a PGR por causa do despacho de arquivamento do inquérito.