Logo Observador
Entretenimento

Ainda se lembra do Lucky Luke? Faça o teste

1.893

O cowboy que dispara mais rápido do que a própria sombra completa 70 anos. O Observador reuniu algumas curiosidades para testar a sua memória sobre o famoso herói da banda desenhada.

Lucky Luke completa 70 anos em 2016

Imagem retirada do Twitter @biblioteques_gi

Há 70 anos que ele é o cowboy que dispara mais rápido do que a própria sombra. Lucky Luke torna-se septuagenário este ano e, para comemorar a data, o Festival Internacional de Banda Besenhada de Angoulême, em França, prepara para esta quinta-feira a exposição “L’Art de Morris” com o trabalho do autor da famosa banda desenhada, Maurice De Bevere, conhecido como Morris.

O belga, falecido em 2001, criou aos 22 anos a história do cowboy que combatia o crime no Velho Oeste acompanhado do seu cavalo branco, Jolly Jumper, e do seu cão, o mais estúpido do Oeste, Rantanplan. A exposição contará com 150 peças com desenhos originais do autor a representar as mais de 80 aventuras publicadas em todo o mundo.

“Nunca expostos na sua grande parte, estes documentos destacam o extraordinário talento do autor e revelam o seu padrão estético particular. Os curadores da exposição selecionaram estes documentos originais das milhares de peças desenhadas por Morris para destacar tanto a evolução do seu traço quanto o virtuosismo do criador do Lucky Luke”, explica o festival num comunicado de imprensa. A exposição estará aberta até o dia 18 de setembro e deverá visitar outras cidades, segundo avança o jornal El Mundo.

As homenagens a Lucky Luke também incluem a reedição de alguns números da coleção do cowboy e o lançamento em abril de uma nova aventura, sob a responsabilidade do desenhador Mathieu Bonhomme. A história tem o título “L’homme qui tua Lucky Luke”(“O homem que matou Lucky Luke”, em português) e promete abraçar diretamente todas as referências aos filmes western clássicos presentes na obra, segundo descreve a publicação.

Ao longo dos seus 70 anos, Lucky Luke foi traduzido para mais de 29 idiomas, deu azo a três filmes, quatro longas-metragens de animação e quatro séries de animação para televisão. No entanto, será que consegue lembrar-se das aventuras do cowboy? O Observador preparou um teste para avaliar a sua memória.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mcappelletti@observador.pt
Igreja Católica

Bosch, entre o paraíso e o deboche

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
149

Mesmo quem não aprecia a acção espiritual e social da Igreja católica não pode deixar de reconhecer que nenhuma outra religião foi tão importante para o desenvolvimento do conhecimento e da arte.