Incêndios 2016

Incêndios: UE explica ajuda limitada com incêndios registados em vários Estados-membros

230

A União Europeia explicou que a disponibilidade de meios aéreos para enviar para Portugal é limitada devido aos graves incêndios florestais que vários Estados-membros enfrentam.

FREDRIK SANDBERG / TT/EPA

A União Europeia explicou esta quinta-feira que a disponibilidade de meios aéreos para enviar para Portugal é limitada devido aos graves incêndios florestais que vários Estados-membros enfrentam.

Portugal acionou quarta-feira o Mecanismo Europeu de Proteção Civil, na sequência dos fogos que assolam o país. Nos últimos dias, o número de incêndios registados ultrapassou sempre as 300 ocorrências.

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, admitiu hoje que “estava à espera de uma maior solidariedade dos parceiros europeus”, sublinhando que Marrocos, apesar de não pertencer à União Europeia, respondeu prontamente ao pedido de auxílio.

“Neste momento, vários Estados-membros estão a enfrentar graves incêndios florestais ou perigo extremos de incêndio florestal. Consequentemente a disponibilidade de aviões é muito limitada”, referiu um porta-voz da União Europeia, questionado pela Lusa sobre o número limitado de meios disponibilizados pelos Estados-membros no âmbito daquele mecanismo.

Segundo o porta-voz, devido aos incêndios que existem em vários países da União Europeia, a “disponibilidade de aviões é muito limitada”.

“Há um número muito limitado daqueles aviões, altamente especializados, e equipas disponíveis em toda a Europa”, salientou o porta-voz da União Europeia.

O porta-voz afirmou que há uma “forte tradição de solidariedade e generosidade entre os Estados-membros” em relação ao combate a incêndios e a disponibilidade de meios, sublinhando que os países não costumam recusar os pedidos de ajuda.

“Os Estados-membros não podem mobilizar mais aviões do que aqueles que realmente têm para si ou para ajudar os seus parceiros europeus”, vincou.

A ajudar ao combate aos incêndios em Portugal, estão dois aviões pesados ‘Canadair’ espanhóis e outros dois marroquinos.

O porta-voz disse que as autoridades europeias estão em contacto com as autoridades portuguesas e que Portugal também está a ser ajudado com imagens de satélite de incêndios na Madeira através do Serviço de Gestão de Emergência Copernicus da União Europeia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site