Logo Observador
Estado Islâmico

Estado Islâmico apela a atentados no Ramadão

Estados Unidos, Europa, Rússia, Austrália, Iraque, Síria, Irão e Filipinas. São os países onde o Estado Islâmico apelou a ataques. "Combatam com a força de um homem", ouve-se numa mensagem de áudio.

GEORGE OURFALIAN/AFP/Getty Images

O autoproclamado Estado Islâmico divulgou esta segunda-feira uma mensagem de áudio onde apela aos seus seguidores que levem a cabo ataques terroristas. A mensagem de áudio foi divulgada no Telegram, uma aplicação de mensagens encriptadas do próprio Estado Islâmico, segundo a Reuters.

Deus abençoe aqueles braços puros e rostos brilhantes, acusem os rejeitores [termo depreciativo para muçulmanos xiitas] e os apóstatas e os combatam com a força de um homem”, disse Abi al-Hassan al-Muhajer, porta-voz do Estado Islâmico.

O grupo terrorista acrescentou ainda que os atentados deverão acontecer nos Estados Unidos, Europa, Rússia, Austrália, Iraque, Síria, Irão e Filipinas, durante o mês do Ramadão, que começou no dia 26 de maio e termina a 24 de junho.

Para os irmãos da fé e das crenças na Europa, na América, na Rússia, na Austrália e em outros. Os vossos irmãos nas suas terras fizeram bem, então, tomem-nos como modelos e façam o que fizeram”, ouve-se ainda na mensagem.

De acordo com a agência Reuters, a autenticidade da gravação ainda não foi verificada mas a voz é a mesma de uma mensagem de áudio divulgada anteriormente, onde o Estado Islâmico alegou vir do porta-voz Abi al-Hassan al-Muhajer.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

A estranha geração dos adultos mimados

Ruth Manus

O fato de termos sido criados com cuidado e afeto pelos nossos pais, começou a confundir-se com uma espécie de sensação de que todos devem nos tratar como eles nos trataram.