Moçambique

Ministério da Saúde de Moçambique lança programa de prevenção da malária em grávidas

Moçambique lançou esta segunda-feira o Tip Top, um programa de prevenção de malária em grávidas para os próximos cinco anos. O projeto espera que 100 mil mulheres consigam escapar à malária no país.

A malária é uma das principais causas de morte no país

PIYAL ADHIKARY/EPA

O Ministério da Saúde de Moçambique e doadores internacionais lançaram esta segunda-feira em Maputo um programa sobre a prevenção da malária em grávidas, para os próximos cinco anos, orçamentado em 10 milhões de dólares (8,3 milhões de euros).

Falando no lançamento da iniciativa, denominada “Tip Top”, a ministra da Saúde de Moçambique, Nazira Abdula, afirmou que o programa permitirá que pelo menos 100 mil mulheres moçambicanas escapem à malária no país, na fase-piloto de implementação do mesmo.

Este projeto deve também ser utilizado como uma oportunidade para verificar o aumento na utilização dos serviços de consulta pré-natal nas nossas unidades sanitárias, a melhor gestão dos medicamentos e a melhoria de qualidade de dados”, declarou Nazira Abdula.

Milhares de pessoas morrem anualmente devido à malária em Moçambique, sendo esta doença uma das principais causas de morte no país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site