Caso BES

Familiares de Miguel Frasquilho terão recebido transferências do ‘saco azul’ do BES

870

De acordo com o Expresso, familiares do ex-deputado do PSD e ex-quadro do BES receberam pagamentos da ES Enterprises . Frasquilho diz que foi para pagar dívidas suas e que os rendimentos eram seus.

Três membros da família do ex-deputado do PSD e ex-quadro do BES, Miguel Frasquilho, terão recebido seis transferências de uma conta na Suíça da Espírito Santo Enterprises, uma offshore que faz parte do chamado ‘saco azul’ do BES, num total de 54 mil euros, avança o semanário Expresso. Miguel Frasquilho confirma os pagamentos, mas diz que os rendimentos eram seus e que não sabe de onde foram feitos os pagamentos.

O Expresso avança que a Espírito Santo Enterprises, que tem sede nas ilhas virgens e que está sob a mira das autoridades portuguesas, terá feito estes pagamentos diretamente ao pai, à mãe e ao irmão do atual chairman da TAP, numa altura em que Miguel Frasquilho trabalhava para uma empresa do grupo BES.

O ex-deputado do PSD diz crer que os rendimentos estão registados na sua declaração de rendimentos, que terão sido preenchidos pela sua entidade patronal, com o Expresso a lembrar que esta entidade não tem qualquer relação formal com o grupo BES.

Miguel Frasquilho terá enviado ao jornal uma certidão da Autoridade Tributária que certica que não tem dívidas ao fisco, que nunca ouviu falar da Espírito Santo Enterprises, a entidade que fez estas transferências até à comissão parlamentar de inquérito ao caso BES.

O ex-deputado diz que os pagamentos foram feitos diretamente aos seus familiares porque Miguel Frasquilho assim o pediu, justificando esse pedido com o facto de ter “para saldar com os meus familiares diretos referidos”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Justiça

A nossa (grande) ‘Quadrilha’

Filomena Martins
372

Não é estranho que nos últimos anos se tenham descoberto tantos suspeitos de crimes entre os mais poderosos do país? Eram todos bons rapazes antes ou só agora alguém teve coragem para os investigar?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site