Explicador

O que está em causa na Autoeuropa. Conflito laboral ou guerra sindical?

Agosto 201730 Agosto 2017581
Ana Suspiro

O que responde o outro lado?

Pergunta 4 de 13

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, defende que a empresa deve abrir o processo negocial aos sindicatos, na qualidade de representantes dos trabalhadores. Confrontado com as acusações do antigo coordenador da comissão de trabalhadores, António Chora, Arménio Carlos, citado pela TSF, diz que a resposta “está dada pela adesão massiva dos trabalhadores à greve”.

O PCP emitiu um esclarecimento em que considera ‘natural que os trabalhadores tomem posição sobre esta questão e defendam os seus direitos. É isto que está em causa e cabe aos trabalhadores e às suas organizações representativas definir as suas posições e formas de luta, como se verifica com os plenários realizados e com a greve de hoje.”

A mobilização da maioria dos trabalhadores contra a proposta de acordo sobre os novos horários e a aprovação da greve em plenário esta segunda-feira, tem sido o principal argumento do Sitesul – Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul.

Para além de confirmarem a greve convocada em plenário, os trabalhadores mandataram os dirigentes do Sitesul, o sindicato da CGTP que representa os trabalhadores da indústria transformadora, energia e ambiente do Sul, para reunirem com a administração e tentarem encontrar uma solução para o conflito.

O sindicato diz que não se trata de uma questão de dinheiro, mas da obrigatoriedade de trabalharem todos os sábados durante dois anos, período de tempo em que os trabalhadores só teriam dois dias de folga consecutivos de três em três semanas.

Informação recolhida pelo Observador, mas não confirmada, indica que o Sitesul tem uma representação da ordem dos 10% entre os trabalhadores da Autoeuropa.

 

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site