A selecção nacional de futebol foi sujeita a um teste antidoping surpresa. O Observador sabe que uma comitiva de cinco médicos da FIFA chegou às 13:30 ao hotel onde está a equipa portuguesa, no Praia d’el Rey Resort, em Óbidos. A Federação Portuguesa de Futebol confirmou a ação escrevendo na página oficial na internet que “os representantes do organismo que tutela o futebol mundial fizeram análises sanguíneas e à urina a todos os 20 atletas que integram o estágio da Seleção Nacional”.

Fonte próxima da seleção portuguesa disse ao Observador que os jogadores “reagiram bem, com boa-disposição e humor porque estes controlos são normais”. É habitual que a FIFA realize este tipo de ações, mas a data e a hora são sempre surpresa.

Já na passada sexta-feira a equipa portuguesa tinha sido sujeita a um controlo, mas este programado, pela Autoridade Antidopagem de Portugal (ADOP).

A equipa nacional concentrou-se esta segunda-feira em Óbidos, começando assim a segunda etapa da preparação para o Campeonato do Mundo no Brasil, depois de três dias em Cascais.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Pepe, Cristiano Ronaldo e Fábio Coentrão, jogadores do Real Madrid que conquistaram a Liga dos Campeões este sábado, ainda não estão em Óbidos.

Alemanha também alvo de ação surpresa

A seleção nacional não foi a única a ser visitada pela FIFA hoje, também o adversário no grupo G, a Alemanha foi sujeita a um controlo surpresa. “Esta manhã recebemos a visita inesperada de uma brigada antidoping da FIFA no hotel em que está alojada a nossa seleção Tirol do Sul, Itália”, anunciou a Federação alemã na página oficial e na rede social Twitter.

No dia 16 de junho, em Salvador, Portugal e Alemanha vão estar frente-a-frente no primeiro jogo de ambos no Mundial do Brasil.