Pela segunda vez em cinco anos, Marcos Freitas é campeão europeu em ténis de mesa. O AS Pontoise Cergy, equipa francesa na qual alinha o português, confirmou esta sexta-feira a vitória contra a Gazprome Orenburg, na segunda mão da final da Liga dos Campeões, realizada na Rússia. O embate foi decidido no desempate por número de sets conquistados – 18 contra 16.

Nesta final, porém, o mesa-tenista português até perdeu os dois encontros em que participou: frente a Vladimir Samsonov (2-3) e a Dimitrij Ovtcharov (1-3). Aos 26 anos, Freitas consegue o segundo título europeu – já vencera a edição de 2009 da prova, com o Borussia de Dusseldorf.

O português, nº 13 do ranking mundial e líder da classificação nacional, recorde-se, participou nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, onde foi eliminado na terceira ronda da prova de singulares masculinos.

No sábado poderá haver outro mesa-tenista campeão europeu. O Saarbrucken, equipa alemã na qual alinha Tiago Apolónia, discute a segunda mão da final da Taça ETTU – a segunda prova mais importante do ténis de mesa europeu. Na primeira mão venceu por 3-1.