“Concretizando a sua estratégia de crescimento planeada para 2014, que se traduz no alargamento da sua rede a 11 novos destinos, na Europa e América Latina, a TAP inaugura, a 01 de julho, a linha Lisboa/Bogotá/Panamá, com quatro frequências semanais”, disse a mesma fonte.

O voo inaugural contará com a presença do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, que lidera uma comitiva de cerca de duas dezenas de empresários do setor turístico.

A ligação será feita pelos aviões Airbus 330, com capacidade para mais de 260 passageiros (entre 263 e 268) e os voos realizam-se às segundas, terças, quintas e sábados, com saída da capital portuguesa às 12:10, com chegada a Bogotá às 17:45 e seguindo para a cidade do Panamá.

De regresso, os voos partem do Panamá.

“A abertura da rota da TAP para a Colômbia e o Panamá constitui um passo decisivo na sua estratégia de expansão na América Central e América do Sul, região do globo em que a TAP dispõe já de um posicionamento privilegiado, sendo que a companhia aérea líder de operação para o Brasil, onde serve 12 destinos, cobrindo praticamente todas as regiões geográficas desse país”, acrescenta a transportadora aérea.

“O lançamento de operações diretas para a Colômbia e o Panamá é assim uma etapa natural e assume especial relevo se atendermos a que, designadamente a Colômbia, tem vindo a revelar-se um mercado com forte potencial, tanto para o tráfego de negócios como de turismo, com o qual Portugal tem estreitado cada vez mais os laços de cooperação económica”, adianta a mesma fonte.

Esta operação da TAP “visa corresponder à necessidade de ligações diretas entre os dois países que possam dinamizar os fluxos de tráfego e contribuir para uma progressiva aproximação entre Portugal e a Colômbia”, referiu ainda.

A Colômbia e sobretudo o Panamá são “dois importantes ‘hubs’ da Star Alliance”, à qual a TAP pertence, nas Américas.