Se está a pensar casar-se confira se o local do evento não o fará pagar multa se os seus convidados não gostarem da festa.

Um hotel em Hudson, Nova Iorque, nos Estados Unidos, chamado Union Street Guest House, colocou um aviso na página oficial informando que seria cobrada uma multa de 500 dólares (373 euros) a casais que lá se casassem por cada mau comentário postado na internet proveniente de convidados. A multa seria cobrada caso uma má crítica fosse publicada em sites como o Foursquare ou Tripadvisor, conhecidos por serem um guia para escolha de hotéis, viagens, ou até mesmo restaurantes.

Como noticiou o The Verge tal política foi implementada para evitar que o hotel estive mal colocado no ranking do Yelp, muito utilizado para informar as pessoas acerca da qualidade dos serviços hoteleiros e, assim, as guiar na escolha dos mesmos.

O feitiço virou-se no entanto contra o feiticeiro e, após o The New York Post noticiar a invulgar exigência do Union Street Guest House, uma avalanche de maus comentários surgiram nas redes que, inevitavelmente, o fizeram cair, e muito, no ranking do Yelp. Neste caso, não pelos serviços, mas sim pela ousadia.

 

comentario

Vendo a controvérsia, responsáveis pela gestão do referido hotel publicaram no site uma resposta, afirmando que a medida não devia ser levada a sério, tratando-se apenas de uma “resposta, ainda que irónica, a um casamento realizado há algum anos”. Séria ou não, era real e credível.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Agora o que encontramos no site é uma explicação, ou melhor, uma descodificação para toda a situação, podendo ler-se:

“Por favor entendam que apesar de os casais adorarem Hudson e os nossos serviços os seus amigos e famílias podem não gostar. Isso deve-se ao facto de os sues convidados não entenderem o que estamos a oferecer – futuramente esperamos explicar-lhes isso.”

De demanda a súplica o intuito é o mesmo, implorar que os convidados gostem do hotel e dos serviços prestados.