Um comboio humanitário russo, composto por 280 camiões carregados com duas toneladas de material, dirigiu-se esta terça-feira de manhã à fronteira ucraniana, numa iniciativa anunciada pela Rússia na ONU mas rejeitada pela Ucrânia, divulgaram agências de notícias locais.

“O comboio vai levar aos habitantes do leste da Ucrânia cerca de 2.000 toneladas de material humanitário, recolhido por habitantes de Moscovo e arredores”, disse um responsável da administração da região de Moscovo citado pela agência Ria Novosti.

Nenhum responsável russo contactado pela AFP comentou, no entanto, a informação.

Durante uma reunião de emergência nas Nações Unidas, realizada na passada sexta-feira passada, a Rússia propôs-se realizar uma “missão humanitária” para socorrer a população do leste da Ucrânia.

A iniciativa foi, porém, rejeitada pela Ucrânia, pelos Estados Unidos e também pela Alemanha e pelo Reino Unido, que temem que o projeto sirva de pretexto para uma invasão russa em território ucraniano.