A polícia de South Pasadena, em Los Angeles, anunciou esta terça-feira de madrugada ter detido dois adolescentes por estarem alegadamente a preparar um tiroteio numa escola secundária, nas vésperas do arranque do ano letivo.

Os polícias de South Pasadena, um bairro de Los Angeles, no sudoeste dos Estados Unidos, “evitaram um assassínio massivo depois de terem recebido informações de funcionários da escola”, que notaram um “comportamento suspeito” nos jovens, indicou o departamento da polícia em comunicado.

De acordo com a mesma fonte, citada pela agência AFP, os dois adolescentes estariam a planear matar “três funcionários da instituição e também o maior número de alunos possível, [utilizando] armas de fogo”.

As autoridades sublinharam que “foi reunido um número suficiente de provas” e que os suspeitos foram detidos. Uma das detenções foi feita sem incidentes, mas, no segundo caso, o suspeito resistiu e tentou, sem sucesso, fugir.

Os dois rapazes, que ainda não estavam na posse das armas de fogo mas tentavam arranjá-las, estavam sob constante vigilância desde que a polícia teve conhecimento dos seus planos, na passada quinta-feira, disse o sargento Brian Solinsky, em declarações citadas pela imprensa norte-americana.

O mesmo responsável não facultou mais informações sobre os planos, mas frisou serem “muito específicos”, nomeando, por exemplo, os alvos.