Se sentiu dificuldades em aceder ao Facebook, tanto no computador como no smartphone no início da noite, não foi seguramente o único. Em Portugal a falha sentiu-se por volta das 20h40 e terá durado cerca de 20 minutos, mas no Twitter, vários utilizadores de outras partes do mundo ainda se queixam do problema.

“Hoje mais cedo detetamos um erro quando fazíamos uma alteração nas configurações, que tornou difícil por momentos o acesso ao Facebook”, explicou a empresa em comunicado oficial. “Descobrimos e resolvemos imediatamente o problema, pelo que já toda a gente pode conectar-se normalmente”.

“Pedimos desculpa pelo inconveniente e vamos continuar a investigar a falha para que possamos aprender com ela e garantir que o Facebook estará sempre lá quando as pessoas precisarem”, lê-se.

Segundo o portal de tecnologia Tech Crunch, a falha fez-se sentir em vários países, nomeadamente nos EUA, Tailândia, Portugal e Alemanha, e terá custado aos cofres da empresa cerca de meio milhão de dólares. Sim, meio milhão de dólares apesar de a interrupção ter sido apenas de cerca de 20 minutos.

Esta não é a primeira vez que aquela que é a maior rede social do mundo vai abaixo nos últimos meses. Numa das últimas vezes, o problema ocorreu numa altura em que o Facebook estava em “mudanças”, fazendo a separação da rede de troca de mensagens, Messenger, da aplicação nos smartphones e tablets, o que pode ter sido uma das causas do bloqueio.

facebook down (1)

Mas à semelhança do que já tinha acontecido, voltou a repetir-se o fenómeno migratório do Facebook para o Twitter durante os longos 20 minutos de ausência. Muitos foram os comentários trocistas devido ao vício do Facebook. Ficam alguns exemplos:

https://twitter.com/advogadonovato/status/507255484039303169

https://twitter.com/toyotapartsabq/status/507262643619368960