A Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinianos (UNRWA) pediu este domingo aos países árabes um donativo de 47 milhões de dólares para realizar uma campanha de emergência durante quatro semanas na faixa de Gaza.

Durante um discurso perante os chefes da diplomacia árabe no Cairo, o comissário geral da UNRWA, Pierre Krahenbuhl, assinalou que existe uma “necessidade de apoio financeiro imediato”, num valor equivalente a cerca de 36,2 milhões de euros, tendo pedido aos participantes para “não esperarem semanas para oferecer essa ajuda”.

Krahenbuhl acrescentou que, com esses fundos, a UNRWA poderá realizar pequenas obras nas casas afetadas pelos conflitos, como colocar novas portas e janelas para suportarem o inverno, e poderá também dar dinheiro aos habitantes da faixa de Gaza que ficaram sem alojamento para poderem alugar novas habitações.

O comissário geral lamentou que o dinheiro disponibilizado pelos países árabes represente apenas 4 por cento do pedido pela UNRWA, apesar de se terem comprometido a adiantar 7,8% do total solicitado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Por outro lado, lamentou também o estado precário das contas do seu organismo, que enfrenta um défice de 50 milhões de dólares este ano.

A UNRWA está a tentar reconstruir a faixa de Gaza depois da ofensiva de Israel em julho e agosto, que causou a morte a mais de 2 mil pessoas.