Chama-se Weclipse, é uma aplicação portuguesa lançada no mês passado e promete revolucionar a comunicação vídeo entre amigos. Funciona de uma forma muito simples: um utilizador grava um vídeo com 7 segundos, define um tema, envia-o para um amigo ou grupo de amigos, que respondem com outro clipe de vídeo baseado no tema. Só quando todos responderem será possível visualizar o vídeo completo.

https://www.youtube.com/watch?v=jgQr4uwbQPM

Vasco Fino, um dos gestores do projeto, explicou ao Observador que a ideia surgiu do jogo coletivo “cadáver esquisito”, que consiste na utilização de frases/palavras para criar um discurso sem sentido — cada jogador escreve uma frase, dobra o papel e passa-a para outro jogador; no final, surge um texto desconexo porque cada frase é composta sem se saber o que estava escrito antes.

Este princípio foi passado para vídeo porque acreditam que “é mais interativo” e porque “cada vez mais a comunicação online caminha para o vídeo”. Por isso a Weclipse desenvolveu este desafio num jogo para amigos. E porque a privacidade é importante, o vídeo final não pode ser gravado para o smartphone e desaparece automaticamente ao fim de 24 horas. Vasco Fino diz que assim dão mais liberdade às pessoas para mostrar o que são. E porque têm consciência que os utilizadores se preocupam com a privacidade, a Weclipse garante que não têm acesso aos vídeos partilhados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O mercado alvo da aplicação são os jovens norte-americanos (a aplicação está em inglês), mas não está excluída a hipótese de avançar para outros mercados, nomeadamente o brasileiro e asiático. “Depende muito da resposta dos utilizadores e da evolução da aplicação”, disse-nos Vasco Fino, que utilizou o mesmo argumento para nos explicar que o modelo de negócio ainda está por definir. O gestor do projeto não revelou qual o número de utilizadores já registados e disse ao Observador que o objetivo, para já, é reunir massa crítica. “O feedback tem sido muito bom e já estamos a preparar uma atualização que vai permitir repetir a visualização do vídeo durante o período das 24 horas” — atualmente só pode ser visualizado uma vez.

A aplicação está disponível para Android e iOS.