436kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Como fugir da funcionalidade de “mensagem lida” do WhatsApp

Este artigo tem mais de 5 anos

O novo recurso mostra, por defeito, quando as mensagens são lidas. O WhatsApp já anunciou que esta notificação vai passar a opção, mas entretanto é possível enganar o serviço mediante alguns truques.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Quando o WhatsApp anunciou o seu novo recurso que permite ver se as mensagens enviadas foram lidas pelo seu destinatário, muitos utilizadores reclamaram que se tratava do fim da discrição e privacidade do aplicativo. Com a nova função, os dois vistos (dois v’s) que indicavam apenas o envio com sucesso de uma foto ou texto, por exemplo, mudaram para a cor azul, acabando com uma velha polémica entre as pessoas que achavam que o antigo duplo tique verde indicava exatamente isto.

O WhatsApp já anunciou que vai atualizar a aplicação para tornar esta notificação uma opção, ou seja, será possível ligar ou desligar a função (para já disponível apenas no sistema operativo Android). Até lá, não é possível evitar a notificação ao remetente de quando a mensagem foi lida, por isso deixamos alguns truques que permitem fugir parcialmente do visto azul. Fique a saber:

Utilizadores do iPhone

As notificações do iPhone permitem a leitura parcial das mensagens no ecrã de bloqueio, caso não esteja com o dispositivo ativo no momento, ou através de uma pequena janela temporária, que aparece no ecrã, se estiver a utilizar outro aplicativo naquele momento. No entanto, para ler a mensagem na íntegra após a ter recebido sem a notificação de leitura, é necessário:

  • Ativar o modo avião;
  • Entrar no WhatsApp para ler as mensagens que deseja que não se visualize o momento em que foi aberta;
  • Retornar a alguma mensagem que já tenha sido lida anteriormente;
  • Desativar o modo avião.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Desta maneira, quando a conexão à Internet for reativada, a mensagem continuará com o estado de enviada mas sem o duplo símbolo azul.

Já circulam na Internet diversos vídeos de utilizadores que mostram como realizar este truque:

Utilizadores do Android

No Android, assim que se desativa o modo avião e o telemóvel se liga novamente à internet, o remetente visualiza o duplo V azul. O sistema operativo permite a leitura parcial ou integral de mensagens de acordo com o seu número e tamanho ao arrastar a barra no topo do ecrã ou a partir da instalação de widgets para o armazenamento de notificações de aplicações. No entanto, como cada widget pode comportar-se de uma maneira diferente de acordo com o telemóvel, não há garantia de que funcione em todos os modelos de smartphones. Além disso, se qualquer outro botão da mensagem de notificação for pressionado, o estado da mensagem será exibido como “lido”.

Para evitar estes problemas, existe uma aplicação chamada Shh – Hide Blue Double Check, que faz uma cópia interna das mensagens recebidas: como não será necessário entrar no WhatsApp para fazer a leitura, o remetente não será alertado com o duplo visto azul. Para usá-la é necessário:

  • Instalar o Shh – Hide Double Blue Double Check no telemóvel Android. Ele só é compatível com as versões 4.1 ou posteriores do Android.
  • Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, o Shh pede autorização para ler todas as notificações do WhatsApp. Em seguida, deve selecionar se quer ocultar o duplo V azul apenas para contactos ou se quer bloquear também para grupos.
  • Depois de instalado, o utilizador verá duas notificações para cada mensagem que chegar ao seu telemóvel: uma do WhatsApp e outra do Shh. Para ler todas as mensagens, é necessário abrir apenas o Shh.
  • Caso o utilizador queira responder alguma das mensagens recebidas no WhatsApp através do Shh, basta clicar no botão azul Reply in WhatsApp. No entanto, ao responder ao remetente, o símbolo azul aparecerá aos seus contactos.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.