António José Seguro foi convidado esta sexta-feira por SMS para o almoço dos 90 anos de Mário Soares, que se realiza no domingo em Lisboa e que vai juntar centenas de pessoas.

Segundo soube o Observador, o ex-secretário-geral soube daquela iniciativa na quinta-feira por uma notícia do Público e foi dessa forma também que tomou conhecimento de que teria sido convidado.

Vítor Ramalho, amigo de Mário Soares e um dos organizadores do almoço de homenagem, afirmou ao Observador que todos os ex-secretários-gerais do PS foram convidados. No caso de Seguro, “há alguns dias” fez um convite por “interposta pessoa” e, apercebendo-se na quinta-feira de que o convite não fora assim entregue ao destinatário, enviou esta sexta de manhã um SMS.

A relação entre Mário Soares e António José Seguro foi próxima durante muitos anos, mas há poucos meses com as eleições primárias para a escolha do candidato do PS a primeiro-ministro deu-se a rutura. Soares apoiou António Costa e sobre Seguro chegou a dizer que não se revia no partido liderado por este socialista. “O excesso de fulanização do candidato a primeiro-ministro não convenceu o eleitorado”, disse ainda sobre o mandato de Seguro que não deverá ir ao almoço de homenagem na FIL, em Lisboa.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Até ao momento, já confirmaram presença cerca de 250 pessoas, entre as quais, Jorge Sampaio, António Costa, Francisco Pinto Balsemão, Freitas do Amaral, Proença de Carvalho ou Manuel Carvalho da Silva. Carlos Brito, do PCP, e João Semedo, do BE, também foram convidados. O ex-Presidente brasileiro, Fernando Henrique Cardoso, também foi convidado, mas ainda não confirmou.